Sem esclarecer rumores, TV estatal da Coreia do Norte divulga texto de Kim Jong-un

Ainda de acordo com a televisão estatal, o presidente do Comitê Central do Partido Comunista da Rússia envidou saudações a Kim Jong-un

Líder da Coréia do Norte, Kim Jong-unLíder da Coréia do Norte, Kim Jong-un - Foto: Kona Via KNS/AFP

Sem comentar sobre os rumores a respeito da saúde do líder norte-coreano nem dar pistas sobre seu paradeiro, o canal de TV estatal da Coreia do Norte divulgou uma mensagem de Kim Jong-un no final do domingo (25).

Em uma carta, o ditador agradeceu aos trabalhadores e oficiais que trabalharam na construção de Samjiyon, cidade planejada inaugurada em dezembro próxima ao Monte Paektu, no norte do país, considerado o berço do Reino da Coreia.

Ainda de acordo com a televisão estatal, o presidente do Comitê Central do Partido Comunista da Rússia envidou saudações a Kim Jong-un, que respondeu via porta-voz que as tinha recebido. As notíticas não foram acompanhadas de imagens.

Leia também:
Kim Jong-un está vivo e bem, diz porta-voz da Coreia do Sul
Satélite localiza trem de Kim Jong Un em balneário norte-coreano


Especulações sobre a saúde e mesmo a possível morte do ditador norte-coreano têm circulado na última semana, com base em sua ausência de eventos públicos importantes, como o aniversário de seu avô, Kim Il-sung, fundador da Coreia do Norte, no último dia 15.

Como o país é um dos mais fechados do mundo, há pouca certeza sobre os motivos do sumiço de Kim, que foi visto pela última vez em uma aparição no canal estatal em 11 de abril.

O presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, também descartou como fake news os rumores sobre a morte de Kim.

No domingo (26), um porta-voz sul-coreano afirmou ao canal americano Fox News que Kim Jong-un está "vivo e bem".

"A posição de nosso governo é firme", disse Chung-in Moon, conselheiro de política externa do presidente Moon Jae-in. "Kim está vivo e bem. Ele tem estado na área de Wonsan desde 13 de abril. Nenhum movimento suspeito foi detectado até agora."

Veja também

Mais de 100 pessoas são presas na Venezuela por falsificação de documentos
Mundo

Mais de 100 pessoas são presas na Venezuela por falsificação de documentos

Covax e Banco Mundial se unem para levar mais vacinas contra Covid-19 aos países pobres
Coronavírus

Covax e Banco Mundial se unem para levar mais vacinas contra Covid-19 aos países pobres