Sobe para 18 o número de mortos em terremoto no Japão

Forte terremoto ocorreu na ilha de Hokkaid, no Japão

Terremoto no JapãoTerremoto no Japão - Foto: Kimimasa Mayama / EFE

O número de mortes causadas pelo forte terremoto que sacudiu nessa quinta-feira (6) a ilha japonesa de Hokkaido subiu para 18, segundo confirmou nesta sexta-feira (7) o Governo.

O primeiro-ministro do Japão, Shinzo Abe, disse que os trabalhos de resgate continuam nas áreas afetadas e pediu à população que tome precauções, dado que há previsão de chuvas que poderiam causar deslizamentos de terra.

Cerca de 40 mil soldados das Forças de Autodefesa (Exército), da polícia, dos bombeiros e da Guarda Costeira continuam "sem descanso" com a busca pelas 24 pessoas dadas como desaparecidas em Atsuma, epicentro do tremor, explicou o ministro porta-voz do Executivo, Yoshihide Suga.

Leia também:
Forte terremoto no Japão deixa pelo menos nove mortos
Balanço de terremotos na Indonésia sobe a 555 mortos


As autoridades japonesas também informaram que chegaram a restabelecer cerca de 50% da eletricidade na ilha. O operador ferroviário JR Hokkaido disse que os trens de alta velocidade retomarão as operações por volta de meio-dia, assim como o metrô, enquanto o novo aeroporto de Chitose, o maior de Sapporo, deve abrir hoje para a aterrissagem de voos.

Veja também

Acusado de furar fila da vacina, chefe do Estado-Maior espanhol renuncia
Coronavírus

Acusado de furar fila da vacina, chefe do Estado-Maior espanhol renuncia

Oslo em semiconfinamento devido a surto de variante inglesa do coronavírus
Coronavírus

Oslo em semiconfinamento devido a surto de variante inglesa do coronavírus