Sobe para 5 número de mortos durante votação da Constituinte na Venezuela

País realiza, neste domingo, as eleições da Constituinte, um processo do qual só participa parte do chavismo

Ministério Público da Venezuela comunica situação no país pelo TwitterMinistério Público da Venezuela comunica situação no país pelo Twitter - Foto: Reprodução/ Twitter

Um homem de 43 anos morreu neste domingo baleado na cabeça em uma manifestação no estado de Lara, o que eleva para cinco o número de mortos durante os protestos contra a votação da Assembleia Nacional Constituinte na Venezuela.

Leia também:

Venezuela tem ao menos 4 mortos e 4 policiais feridos em meio a protestos

O Ministério Público (MP) informou via Twitter a morte de Luis Zambrano, que "recebeu um disparo na cabeça durante uma manifestação na rua 54 com Pedro León Torres, de Barquisimeto" e adiantou que já iniciou a investigação do incidente.

A Venezuela realiza neste domingo as eleições da Constituinte, um processo do qual só participa parte do chavismo e que tem a rejeição da oposição, da Igreja Católica e vários países do mundo.

Em paralelo, a oposição se manifesta nas ruas contra a votação, que qualifica de fraudulenta, o que gerou enfrentamentos entre os manifestantes e as forças de ordem pública.

No total, segundo números da Procuradoria venezuelana, 114 pessoas morreram desde o início da onda de protestos no país, em abril.

Veja também

Máscaras de tecido continuam sendo eficazes contra a covid-19, diz OMS
Prevenção

Máscaras de tecido continuam sendo eficazes contra a covid-19, diz OMS

Já viu esse senhorzinho sentado pela web? A gente explica
Meme

Já viu esse senhorzinho sentado pela web? A gente explica