Sobe para 842 o número de mortos pelo furacão Matthew no Haiti

Mais de 61 mil pessoas permanecem em abrigos temporários devido aos estragos causados pelo furacão

Crô em FamíliaCrô em Família - Foto: Divulgação

O número de mortos registrado no Haiti devido à passagem do furacão Matthew subiu para 842 no fim da manhã desta sexta-feira (7), de acordo com contagem oficial divulgada pela agência de notícias Reuters.

A Defesa Civil do Haiti informou que 61.500 pessoas desabrigadas devido à destruição provocada pelo furacão permanecem em abrigos temporários. O Haiti enfrenta sua maior crise humanitária desde 2010, quando um terremoto matou mais de 200 mil pessoas no país.

A Opas (Organização Pan-Americana da Saúde) afirmou nesta quinta-feira (6) que está se preparando para um possível surto de cólera no país depois da passagem do furacão, já que as inundações podem contaminar a água. A devastação no Haiti levou ao adiamento na eleição presidencial marcada para o próximo domingo (9).

O furacão Matthew se aproxima na manhã desta sexta-feira (7) da costa do Estado americano da Flórida, onde 2 milhões de pessoas foram orientados pelas autoridades a fugir para o interior. Ficaram sem luz mais de 300 mil habitantes do Estado.

Devido ao furacão, o presidente Barack Obama declarou emergência na Flórida , na Carolina do Sul e na Carolina do Norte. Na costa, são esperadas ondas perigosas de até 2,5 metros, e até 35 milímetros de chuva em algumas localidades.

Companhias aéreas cancelaram mais de 1.500 voos no período, segundo o site Flight Aware. Todos os parques de diversão de Orlando foram fechados nesta sexta. Com ventos de até 130 km/h, o Matthew é o maior furacão a ameaçar atingir os EUA em mais de uma década.

Veja também

Rússia espera registro da Sputnik V no Brasil em dezembro e produção em janeiro
Covid-19

Rússia espera registro da Sputnik V no Brasil em dezembro e produção em janeiro

Alasca tem alerta de tsunami após forte terremoto
Magnitude de 7,5

Alasca tem alerta de tsunami após forte terremoto