Steve Bannon, estrategista de Trump, deixa Conselho de Segurança Nacional

Apesar de seu posto no NSC, é provável que Bannon continue sendo uma personalidade poderosa atrás de Trump

Steve Bannon é dono do portal de notícias Breitbart News, que funciona como uma caixa de ressonância de setores mais à direita do Partido Republicano Steve Bannon é dono do portal de notícias Breitbart News, que funciona como uma caixa de ressonância de setores mais à direita do Partido Republicano  - Foto: Drew Angerer/AFP

Steve Bannon, o polêmico chefe de Estratégia da Casa Branca, foi afastado do influente Conselho de Segurança Nacional (NSC), informou nesta quarta-feira (5) uma fonte da presidência, que não quis ser identificada.

A nomeação de Bannon como chefe de Estratégia para o presidente Donald Trump desatou uma grande polêmica por sua relação com o site de extrema direita Breitbart e acusações de defender ideias próximas aos supremacistas brancos.

Esta polêmica se acentuou ainda mais depois que Trump nomeou Bannon para o NSC, uma entidade dirigida desde 20 de fevereiro pelo general Herbert McMaster.

McMaster, de 54 anos, com experiência em missões no Iraque e no Afeganistão, assumiu a chefia do Conselho em substituição ao general Michael Flynn, que foi forçado a renunciar por ocultar contatos com funcionários russos.

Após o pedido de renúncia de Flynn, o presidente Trump encontrou dificuldades para encontrar um substituto, precisamente devido à polêmica gerada pela inclusão de Bannon no conselho.

Trump não fez declarações sobre a mudança, mas Bannon a descreveu como parte de um processo para manter o conselho sob controle, após um crescimento rápido na gestão da conselheira de segurança nacional do ex-presidente Barack Obama, Susan Rice.

"Susan Rice operacionalizou o NSC na última administração, então eu fui colocado no NSC para assegurar que fosse 'desoperacionalizado'. O general McMaster devolve o NSC à sua função apropriada", manifestou-se Bannon em um comunicado.

O NSC é um órgão discreto, mas estratégico para a Casa Branca, já que tem a tarefa de reunir informações para aconselhar diretamente o presidente em termos de segurança nacional e política externa.

Como estrategista-chefe da Casa Branca, Bannon ajudou a transformar em políticas ideias nacionalistas e antigoverno que levaram Donald Trump à Casa Branca.

Apesar de seu posto no NSC, é provável que Bannon continue sendo uma personalidade poderosa atrás de Trump. Supostamente, esta semana está trabalhando em um novo plano de saúde após o fracasso para suspender o Obamacare.

Veja também

Anvisa inspeciona empresa parceira na produção da Sputnik V
Vacina

Anvisa inspeciona empresa parceira na produção da Sputnik V

Apple vê lucro saltar 29% para US$ 28,7 bilhões, um recorde
Economia

Apple vê lucro saltar 29% para US$ 28,7 bilhões, um recorde