Mundo

Supremo Tribunal da Venezuela ratifica condenação de opositor Leopoldo López

" É uma realidade e um ato de absoluta injustiça", declarou o advogado de defesa Juan Carlos Gutiérrez

A Sala de Cassação do Supremo Tribunal de Justiça da Venezuela ratificou, nesta quinta-feira (16), a condenação de quase 14 anos contra o opositor Leopoldo López, um dia depois de o presidente americano, Donald Trump, ter pedido sua libertação.

"Declarou inadmissível o recurso de cassação. É uma realidade e um ato de absoluta injustiça", declarou à AFP o advogado de defesa Juan Carlos Gutiérrez, acrescentando que o caso fica encerrado na Venezuela e que, agora, resta recorrer a instâncias internacionais.

Veja também

Biden pede que americanos enfrentem 'lobby das armas'
Estados Unidos

Biden pede que americanos enfrentem 'lobby das armas'

China enfrenta novas denúncias de abusos, durante visita de comissária da ONU
Repressão a uigures

China enfrenta novas denúncias de abusos, durante visita de comissária da ONU