Tempestade Alberto deixa sete mortos em Cuba

Mortes foram por afogamento em Cuba. Somente na capital houve também de cem desabamentos parciais

Tempestade Alberto em CubaTempestade Alberto em Cuba - Foto: Agência Nacional de Cuba

As fortes inundações causadas pelas chuvas associada à tempestade subtropical Alberto deixaram um balanço de sete mortos e duas pessoas desaparecidas em Cuba, informou neste sábado (2) a Defesa Civil.

As mortes, todas por afogamento, ocorreram nas províncias centrais de Ciego de Ávila, Sancti Spíritus e Villa Clara, assim como nas ocidentais Matanzas e Pinar del Río, todas castigadas por fortes chuvas ao longo da semana.

Leia também:
Flórida e mais 2 estados entram em emergência por tempestade Alberto
Tempestades de areia e mau tempo na Índia matam 41 pessoas


Também foram reportados danos materiais em milhares de moradias e perdas de cultivo. Apenas em Havana, capital do país, foram mais de cem desabamentos parciais.

Veja também

Confiança na economia é central para superar crise da Covid-19, diz Davos
Economia

Confiança na economia é central para superar Covid-19, diz Davos

Alemanha vai adotar tratamento experimental usado por Trump
Coronavírus

Alemanha vai adotar tratamento experimental usado por Trump