Três pessoas morrem em confrontos entre torcidas em Honduras

De acordo com autoridades locais, torcedores adversários atacaram com pedras um ônibus que transportava a equipe do Motagua, ferindo três jogadores

Briga entre torcidas em HondurasBriga entre torcidas em Honduras - Foto: Orlando Sierra/AFP

Três pessoas morreram e pelo menos dez ficaram feridas em confrontos entre torcidas na noite desse sábado (17) em Tegucigalpa, Honduras. O incidente aconteceu antes do clássico entre as equipes Olimpia e Motagua no campeonato nacional de futebol.

De acordo com autoridades locais, torcedores adversários atacaram com pedras um ônibus que transportava a equipe do Motagua, ferindo três jogadores – Emilio Izaquirre, Roberto Moreira e Jonathan Rougier foram encaminhados para um hospital com ferimentos no rosto, segundo o clube.

"Três pessoas morreram e sete foram baleadas e esfaqueadas. Uma delas é um menino. Três dos adultos feridos estão em estado crítico", disse Laura Schoenherr, porta-voz do Hospital da Escola da Universidade Estadual.

Leia também:
Briga entre torcedores de São Paulo e Corinthians deixa 13 feridos em SP

Em comunicado, o Ministério da Segurança confirmou o ataque ao ônibus e afirmou que seus autores usavam os uniformes da equipe rival Olimpia. O ministério acrescentou que havia criado "cinco anéis de segurança" antes do jogo e empregado 5.000 policiais no evento.

Mais de 10 mil torcedores que tentavam sair do estádio foram atacados por policiais com bombas de gás lacrimogêneo.

A National Football League suspendeu o jogo após o tumulto. O público esperado para a partida era de 20 mil torcedores.

"É lamentável que os torcedores atinjam esses extremos", disse o presidente do Olympia, Rafael Villeda.

Veja também

França dobra período de licença paternidade para 28 dias
internacional

França dobra período de licença paternidade para 28 dias

Cientistas rechaçam em carta mudança em Guia Alimentar para a População Brasileira
Alimentação

Cientistas rechaçam em carta mudança em Guia Alimentar