A-A+

Trump acrescentará países em programa de interdição de viagens aos EUA

'Temos que garantir nossa segurança. Nosso país precisa estar seguro', afirmou o presidente dos Estados Unidos

Donald TrumpDonald Trump - Foto: JIM WATSON / AFP

O presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, anunciou nesta quarta-feira que seu governo está se preparando para adicionar alguns países à sua controversa lista de países cujos cidadãos estão proibidos de entrar em território americano ou sofrem restrições severas.

"Estamos adicionando alguns países (à lista). Temos que garantir nossa segurança. Nosso país precisa estar seguro", disse em Davos, à margem do Fórum Econômico Mundial, acrescentando que "muito em breve" novos países serão anunciados na lista.

Leia também:
Trump diz que adoraria conhecer Greta Thunberg
Guedes negocia acordos comerciais e tributários em Davos

O Wall Street Journal informou que o governo Trump planeja adicionar sete Estados, especialmente africanos e asiáticos, incluindo a Nigéria.

Segundo o jornal, os outros países afetados pela medida seriam Bielorrússia, Eritreia, Quirguistão, Mianmar, Sudão e Tanzânia.

Os primeiros países desta lista, em sua maioria muçulmanos, foram anunciados em janeiro de 2017, quando Trump assumiu a presidência, o que provocou fortes críticas.

Veja também

Queiroga diz que está com Covid-19 e que fará quarentena nos EUA
Ministro da Saúde

Queiroga diz que está com Covid-19 e que fará quarentena nos EUA

Avanço da lava do vulcão nas Ilhas Canárias provoca medo de gases tóxicos
Cumbre Vieja

Avanço da lava do vulcão causa temor de gases tóxicos