Trump anuncia corte da ajuda a Guatemala, Honduras e El Salvador

'Começaremos agora a cortar ou reduzir substancialmente a enorme ajuda estrangeira que lhes proporcionamos de forma rotineira', afirmou Trump

A medida pode ser uma violação de um acordo legal que exige que o governo forneça educação e atividades recreativas para crianças migrantes sob seus cuidados.A medida pode ser uma violação de um acordo legal que exige que o governo forneça educação e atividades recreativas para crianças migrantes sob seus cuidados. - Foto: Johan Ordonez/AFP

O presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, afirmou nesta segunda-feira (22) que começará a "cortar ou reduzir substancialmente" a enorme ajuda externa que Washington fornece de maneira "rotineira" a Guatemala, Honduras e El Salvador depois que os governos desses países não conseguiram "impedir" a saída da caravana de imigrantes.

"Guatemala, Honduras e El Salvador não foram capazes de fazer o trabalho de impedir que as pessoas saíssem de seus países e viessem de maneira ilegal aos EUA. Começaremos agora a cortar ou reduzir substancialmente a enorme ajuda estrangeira que lhes proporcionamos de forma rotineira", afirmou Trump na sua conta do Twitter.

Leia também:
Trump ameaça fechar a fronteira Estados Unidos-México
Rússia ameaça retaliações após Trump dizer que deixará tratado nuclear
Trump nega estar acobertando sauditas por desaparecimento de jornalista
Migrantes continuam viagem pelo México apesar do medo
Hondurenhos retomam caravana migrante em direção aos Estados Unidos

A reação do presidente norte-americano ocorre no momento em que milhares de centro-americanos, especialmente crianças e mulheres, tentam sair de seus países rumo ao México e aos Estados Unidos.

Veja também

Por margem apertada, Senado dos EUA mantém processo de impeachment de Trump
EUA

Senado mantém processo de impeachment de Trump

Mundo ultrapassa a marca de 100 milhões de casos por Covid-19
Coronavírus

Mundo ultrapassa a marca de 100 milhões de casos por Covid-19