Trump apoia retorno da Rússia ao G8

O presidente russo, Vladimir Putin, foi expulso do antigo G8 após a anexação da Crimeia por Moscou

Presidente americano Donald TrumpPresidente americano Donald Trump - Foto: Reprodução/Instagram

O presidente americano Donald Trump manifestou seu apoio ao retorno da Rússia ao G8, nesta terça-feira (20), afirmando que seria "muito mais apropriado" que Moscou estivesse no clube das maiores potências mundiais.

"Eu certamente poderia" apoiar isso, afirmou à imprensa na Casa Branca, dias antes de uma cúpula do G7 - sem a Rússia - em Biarritz, na França.

"É muito mais apropriado ter a Rússia dentro. Deveria ser o G8, porque muitas coisas sobre as quais falamos têm a ver com a Rússia", declarou.

Leia também:
Donald Trump é avô pela décima vez
Trump anuncia que manterá seu vice para eleição presidencial de 2020
Trump diz que China está frente a "extrema forma de retaliação"

O presidente russo, Vladimir Putin, foi expulso do antigo G8 após a anexação da Crimeia por Moscou. Mas Trump afirma que a Rússia foi tirada do grupo porque Putin foi mais esperto que seu antecessor na Casa Branca, Barack Obama.

"Eu acho que o Putin foi mais esperto que ele, o presidente Obama achou que não era uma coisa boa ter a Rússia dentro. Então ele queria a Rússia fora" do grupo, afirmou.

"Então, eu certamente gostaria de vê-la novamente no G8, e se alguém fizesse essa moção, eu estaria disposto a pensar sobre isso muito favoravelmente", concluiu.

Veja também

Chile enviará chegados do Brasil para centros de saúde devido à nova cepa do coronavírus
Pandemia

Chile enviará chegados do Brasil para centros de saúde devido à nova cepa do coronavírus

Padre polonês condenado a três anos de prisão por agressão sexual
Igreja Católica

Padre polonês condenado a três anos de prisão por agressão sexual