Trump apoia retorno da Rússia ao G8

O presidente russo, Vladimir Putin, foi expulso do antigo G8 após a anexação da Crimeia por Moscou

Presidente americano Donald TrumpPresidente americano Donald Trump - Foto: Reprodução/Instagram

O presidente americano Donald Trump manifestou seu apoio ao retorno da Rússia ao G8, nesta terça-feira (20), afirmando que seria "muito mais apropriado" que Moscou estivesse no clube das maiores potências mundiais.

"Eu certamente poderia" apoiar isso, afirmou à imprensa na Casa Branca, dias antes de uma cúpula do G7 - sem a Rússia - em Biarritz, na França.

"É muito mais apropriado ter a Rússia dentro. Deveria ser o G8, porque muitas coisas sobre as quais falamos têm a ver com a Rússia", declarou.

Leia também:
Donald Trump é avô pela décima vez
Trump anuncia que manterá seu vice para eleição presidencial de 2020
Trump diz que China está frente a "extrema forma de retaliação"

O presidente russo, Vladimir Putin, foi expulso do antigo G8 após a anexação da Crimeia por Moscou. Mas Trump afirma que a Rússia foi tirada do grupo porque Putin foi mais esperto que seu antecessor na Casa Branca, Barack Obama.

"Eu acho que o Putin foi mais esperto que ele, o presidente Obama achou que não era uma coisa boa ter a Rússia dentro. Então ele queria a Rússia fora" do grupo, afirmou.

"Então, eu certamente gostaria de vê-la novamente no G8, e se alguém fizesse essa moção, eu estaria disposto a pensar sobre isso muito favoravelmente", concluiu.

Veja também

Mídia americana afirma que Trump indicará Amy Coney Barrett para Suprema Corte
internacional

Mídia americana afirma que Trump indicará Amy Coney Barrett para Suprema Corte

Em campanha por todo o país, Trump ironiza Biden por não realizar comícios
EUA

Em campanha por todo o país, Trump ironiza Biden por não realizar comícios