Trump ataca Meryl Streep por discurso no Globo de Ouro

Ele acusou a atriz de ser "lacaia" de Hillary Clinton

Congresso NacionalCongresso Nacional - Foto: Valter Campanato/Agência Brasil

O presidente eleito dos Estados Unidos, Donald Trump, atacou nesta segunda-feira a atriz Meryl Streep, acusando-a de ser uma "lacaia" de Hillary Clinton, depois que ela o criticou na cerimônia do Globo de Ouro.

Streep, proeminente partidária de Hillary, criticou Trump por sua retórica belicosa ao receber um prêmio por sua carreira na cerimônia em Los Angeles no domingo.

"Meryl Streep, uma das atrizes mais superestimadas de Hollywood, não me conhece, mas me atacou na noite passada no Globo de Ouro", tuitou Trump.

A veterana atriz, três vezes vencedora do Oscar, criticou algumas posições de Trump e, recordando o episódio em que o então candidato republicano zombou da condição física do repórter Serge Kovaleski, do New York Times, dirigiu-se a jornalistas para convidá-los a salvaguardar a verdade.

Em uma série de tuítes, Trump escreveu: "Ela é uma lacaia de Hillary, que perdeu muito. Pela centésima vez, nunca 'parodiei' um repórter deficiente (nunca faria isso), mas apenas o mostrei 'rastejante' quando ele mudou totalmente uma história que tinha escrito há 16 anos, a fim de me fazer ficar mal".

Confira o discurso de Meryl Streep:


Veja também

França registra cinco novos casos de trombose sem morte entre vacinados com AstraZeneca
Coronavírus

França registra cinco novos casos de trombose sem morte entre vacinados com AstraZeneca

Regulador europeu afirma que benefícios da vacina AstraZeneca aumentam com a idade
Vacina contra Covid-19

Regulador europeu afirma que benefícios da vacina AstraZeneca aumentam com a idade