Trump e Kim não chegam a acordo e encerram cúpula mais cedo no Vietnã

Uma declaração da Casa Branca diz: 'Os dois líderes discutiram diversos meios para avançar a desnuclearização e conceitos econômicos. Nenhum acordo foi fechado'

O presidente norte-americano, Donald Trump, e o ditador norte-coreano, Kim Jong-UnO presidente norte-americano, Donald Trump, e o ditador norte-coreano, Kim Jong-Un - Foto: SAUL LOEB / AFP

O presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, e o líder da Coreia do Norte, Kim Jong Un, encerraram nesta quinta-feira (28), em Hanói, no Vietnã, sua segunda cúpula mais cedo sem ter chegado a um acordo.

Uma declaração da Casa Branca diz: "Os dois líderes discutiram diversos meios para avançar a desnuclearização e conceitos econômicos. Nenhum acordo foi fechado desta vez, mas suas respectivas equipes esperam se encontrar no futuro."

Em entrevista coletiva, Trump declarou: "Basicamente, eles queriam que as sanções fossem suspensas por completo, mas nós não poderíamos fazer isso. Portanto, precisávamos nos retirar."

Leia também:
No Vietnã, Trump diz que Kim é grande líder
Trump e Kim Jong-un se reúnem no Vietnã


No entanto, o presidente americano prosseguiu: "Mesmo sem acordo, Kim prometeu que não vai reiniciar os testes nucleares e de mísseis." Os líderes vinham tentando uma reconciliação antes da desnuclearização da Península Coreana.

Veja também

Policiais do Capitólio prendem homem que tentou passar por barreira
Capitólio

Policiais do Capitólio prendem homem que tentou passar por barreira

EUA realiza última execução do mandato de Trump
EUA

EUA realiza última execução do mandato de Trump