A-A+

Trump limitará vistos para grávidas para frear 'turismo de maternidade'

A emissão de vistos temporários será suspensa a partir desta sexta-feira (24)

Presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, em discurso no Fórum Econômico Mundial de Davos 2020. Presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, em discurso no Fórum Econômico Mundial de Davos 2020.  - Foto: JIM WATSON / AFP

O governo de Donald Trump vai limitar os vistos temporários concedidos a mulheres grávidas suspeitas de querer ir aos Estados Unidos para que o filho se beneficie automaticamente da nacionalidade americana, devido ao local do nascimento.

"A partir de 24 de janeiro de 2020, o Departamento de Estado não vai mais emitir vistos temporários para estrangeiros que queiram entrar nos Estados Unidos para fazer 'turismo de maternidade'", a fim de aproveitar a lei do solo americano, anunciou nesta quinta-feira a Casa Branca em um comunicado.

Leia também:
Trump vai participar de marcha anual contra o aborto
Trump diz que adoraria conhecer Greta Thunberg
Trump critica 'catastrofistas' da mudança climática em Davos 

Veja também

Inteligência dos EUA adverte que mudança climática é ameaça à segurança nacional
Casa Branca

Inteligência dos EUA adverte que mudança climática é ameaça à segurança nacional

Procuradoria investigará presidente do Equador por fraude tributária após Pandora Papers
Equador

Procuradoria investigará presidente do Equador por fraude tributária após Pandora Papers