Mundo

Trump renova promessa de vitória sobre 'terrorismo islâmico radical'

Em seu discurso, Trump disse que os Estados Unidos enfrentam "um inimigo que celebra a morte e venera a destruição".

Donald Trump Donald Trump  - Foto: Brendan Emialowski/afp

O presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, voltou a prometer uma vitória militar sobre as forças "da morte e da destruição" e sobre o "terrorismo islâmico radical", em um discurso, nesta segunda-feira (6), dirigido às Forças Armadas americanas.

"Hoje enviamos uma mensagem em uma única voz às forças da morte e da destruição: os Estados Unidos e seus aliados vão derrotá-los (...) Derrotaremos o terrorismo islâmico radical e não permitiremos que crie raízes em nosso país", declarou o presidente.

Em seu agressivo discurso, Trump disse que os Estados Unidos enfrentam "um inimigo que celebra a morte e venera a destruição".

Para Trump, o grupo radical Estado Islâmico "está em uma campanha de genocídio, cometendo atrocidades em todo o mundo. Terroristas islâmicos radicais estão determinados a atacar nosso país".

De acordo com o presidente americano, "nenhum inimigo tem chances contra nossas forças. Uma única chance sequer. E continuará sendo dessa forma".

Trump deu essas declarações na base aérea MacDill, no estado da Flórida, um centro nevrálgico e sede do comando militar americano para o Oriente Médio (Centcom) e quartel-geral das Forças Especiais americanas.

O presidente passou o fim de semana em sua residência particular no estado da Flórida e visitou a base aérea antes de voltar para Washington.

Trump almoçou com comandantes militares e com soldados.

Veja também

Biden pede que americanos enfrentem 'lobby das armas'
Estados Unidos

Biden pede que americanos enfrentem 'lobby das armas'

China enfrenta novas denúncias de abusos, durante visita de comissária da ONU
Repressão a uigures

China enfrenta novas denúncias de abusos, durante visita de comissária da ONU