Trump visita sobreviventes de ataque na Flórida

Presidente e a primeira-dama, Melania Trump, chegaram a um hospital em Pompano Beach , na Flórida, onde prestaram solidariedade às vítimas de um atentado a tiros que deixou 17 mortos

Presidente Donald Trump e primeira dama Melania Trump vão a hospital visitar vítimas do massacre na FlóridaPresidente Donald Trump e primeira dama Melania Trump vão a hospital visitar vítimas do massacre na Flórida - Foto: Jim Watson / AFP

O presidente americano, Donald Trump, e a primeira-dama, Melania Trump, chegaram nesta sexta-feira (16) a um hospital em Pompano Beach, Flórida, para prestar solidariedade aos sobreviventes de um ataque a tiros contra uma escola vizinha, que deixou 17 mortos.

O casal dirigiu-se ao Hospital Broward Health North, onde, segundo um funcionário da Casa Branca foi agradecer ao pessoal médico "por sua ajuda para salvar vidas", após o massacre executado na última quarta-feira (14) por um jovem de 19 anos na escola de ensino médio de Parkland, ao norte de Miami.

O presidente e sua esposa também têm previsto visitar a delegacia do condado de Broward, onde fica Parkland, para saudar as autoridades policiais por sua "coragem" para enfrentar a tragédia.

Trump viajou à Flórida para passar o fim de semana prolongado pelo feriado do Dia dos Presidentes, na segunda-feira, em seu complexo de Mar-a-Lago.

Nikolas Cruz, ex-aluno da escola de ensino médio Marjory Stoneman Douglas de Parkland, confessou ter matado a tiros 17 pessoas neste instituto localizado a 80 km de Miami, no pior massacre escolar do país desde o registrado na escola de ensino fundamental Sandy Hook há seis anos.

Veja também

Jornalista mexicano é assassinado na fronteira com os EUA, o sexto em 2020
Mundo

Jornalista mexicano é assassinado na fronteira com os EUA, o sexto em 2020

Astrônomos detectam planeta errante do porte da Terra vagando pela Via Láctea
Universo

Astrônomos detectam planeta errante do porte da Terra vagando pela Via Láctea