UE aprova adiamento do Brexit até 31 de janeiro

O anúncio foi feito pelo presidente do Conselho Europeu, Donald Tusk

Presidente do Conselho Europeu, Donald TuskPresidente do Conselho Europeu, Donald Tusk - Foto: FREDERICK FLORIN / AFP

Os 27 sócios do Reino Unido na União Europeia (UE) aprovaram nesta segunda-feira uma prorrogação "flexível" da data do divórcio até 31 de janeiro, anunciou o presidente do Conselho Europeu, Donald Tusk.

"Os 27 concordaram em aceitar a solicitação do Reino Unido de um adiamento flexível do Brexit até 31 de janeiro", escreveu Tusk no Twitter, algumas horas antes de uma votação no Parlamento britânico sobre a demanda de eleições antecipadas.

Leia também:
Em cima da hora, União Europeia e Reino Unido chegam a acordo sobre o brexit
Quem é Alberto Fernández, o próximo presidente da Argentina

A decisão, que deve ser formalizada por "escrito", prevê que o Reino Unido pode sair antes, no fim de novembro, dezembro ou janeiro, desde que a ratificação tenha sido concluída, segundo o rascunho do texto ao qual a AFP teve acesso.

O acordo afasta a possibilidade de um Brexit sem acordo em 31 de outubro, uma das exigências dos trabalhistas britânicos para apoiar a demanda do primeiro-ministro Boris Johnson de celebrar eleições antecipadas em 12 de dezembro.

Os europeus recordam na decisão sua recusa em retomar as negociações sobre o acordo divórcio, concluído com Johnson em 17 de outubro, e a necessidade para o Reino Unido de apresentar um candidato a comissário europeu ao continuar como integrante do bloco.

Veja também

UE adota cautela sobre levantamento de patentes e defende exportações
PANDEMIA

UE adota cautela sobre levantamento de patentes e defende exportações

Covid-19: OMS aprova vacina Sinopharm no consórcio Covax Facility
Vacina

Covid-19: OMS aprova vacina Sinopharm no consórcio Covax Facility