Vídeo parece mostrar míssil atingindo avião ucraniano no Irã

Ele foi divulgado pelo jornal The New York Times que afirmou que verificou o vídeo, que mostra a queda da aeronave em Parand

Destroços do avião Destroços do avião  - Foto: AFP

O New York Times divulgou um vídeo nesta quinta-feira (9) que parece mostrar um míssil atingindo o avião ucraniano que se acidentou pouco após decolar em Teerã, deixando 176 mortos.

Segundo a publicação americana, que afirma ter verificado o vídeo, o míssil iraniano acertou a aeronave em Parand, região próxima ao aeroporto de Teerã onde o avião transmitiu sinais pela última vez.

Na análise das imagens feitas pelo jornal, uma pequena explosão aconteceu quando o míssil atingiu o avião, mas a aeronave não explodiu nesse momento: continuou voando por vários minutos e voltou em direção ao aeroporto. O New York Times afirma ainda que analisou outros vídeos que mostram que o avião voou para o aeroporto antes de explodir e bater rapidamente.

Leia também:
Ucrânia investiga se ataque de míssil ou terrorismo causou queda de avião no Irã
Avião da Ucrânia foi abatido pelo Irã por acidente, avaliam funcionários dos EUA
Premiê canadense diz ter informação de que Irã derrubou avião ucraniano 

No acidente desta quarta, o Boeing 737-800 da Ukraine International Airlines caiu cinco minutos após decolar do aeroporto internacional Imam Khomeini, em Teerã. A aeronave, que decolou às 6h12 na hora local (23h42 de terça em Brasília) e seguia para Kiev, pegou fogo após a queda.

Entre as vítimas, haviam 82 iranianos, 63 canadenses e 11 ucranianos. Segundo o primeiro-ministro canadense, Justin Trudeau, os passageiros fariam uma conexão para um voo com destino ao Canadá.

Uma comissão de 45 ucranianos foi enviada a Teerã para tratar do caso. Essa equipe conta com especialistas que participaram das investigações sobre o ataque com um míssil russo que derrubou o voo MH17, da Malaysia Airlines, em 2014, no espaço aéreo da Ucrânia.

A autoridade de aviação civil iraniana divulgou um comunicado nesta quinta (9) dizendo que, segundo testemunhas, o avião pegou fogo antes de cair, e o incêndio se alastrou rapidamente enquanto ele perdia altitude.

De acordo com o relatório, a aeronave teve um problema técnico logo após a decolagem e tentou retornar ao aeroporto antes da queda. No entanto, a falha em questão não foi revelada. Nenhuma comunicação por rádio foi realizada pelo piloto, e a aeronave desapareceu dos radares quando estava a cerca de 2.500 metros de altitude.

As duas caixas-pretas foram encontradas. No entanto, a agência de aviação do Irã disse que não irá entregá-las aos EUA nem à Boeing. É comum que o fabricante do avião participe das investigações, de modo a buscar formas de prevenir desastres futuros.


 

Veja também

Presidente da Argentina é o primeiro líder a ser imunizado na América Latina
Coronavírus

Presidente da Argentina é o primeiro líder a ser imunizado na América Latina

África do Sul paga até duas vezes mais por vacina de Oxford do que a Europa
Desigualdade

África do Sul paga até duas vezes mais por vacina de Oxford do que a Europa