A-A+

Voluntários trabalham 9 horas para salvar cachorra coberta por piche

Animal caiu em um poço em Buenos Aires, na Argentina, e não podia se mexer. Vizinhos, bombeiros e ONG realizaram o resgate.

Corpo estava 100% coberto pelo asfalto mole e pegajosoCorpo estava 100% coberto pelo asfalto mole e pegajoso - Foto: Reprodução/Facebook

Um episódio triste nas ruas de Buenos Aires, na Argentina, teve um final feliz com ajuda de voluntários. Uma cachorra foi encontrada deitada no chão e impossibilitada de se mover, pois estava completamente coberta por piche. As primeiras informações apontavam que o animal caiu no poço de um reservatório em Merlo, mas a polícia investiga se foi acidente ou algo proposital.

Pessoas que passavam pelo local e cães que latiam sem parar chamaram atenção para o ocorrido. A pequena, que ganhou o nome de Aloe, reuniu vizinhos e bombeiros no salvamento. Após um pedido de ajuda nas redes sociais, a ONG Proyecto 4 Patas (P4P) se juntou ao resgate.

Leia também:
Jovem faz 'ensaio de formatura' com ônibus e viraliza nas redes
Cão nasce com um olho só e é batizado de Minion

O corpo estava 100% coberto pelo asfalto mole e pegajoso. Foi então que tiveram a ideia de usar óleo e azeite para remover a substância. "Encontramos uma cena angustiante: Aloe estava literalmente petrificada e presa ao chão. Ele tinha 100% de seu corpo endurecido: boca, olhos, ouvidos, tudo. Ficamos muito chocados, nunca vimos um animal nessas condições, mas era hora de focar e colocar toda a nossa vontade e amor para tirá-la desse pesadelo o mais rápido possível", escreveu a ONG.

Foram usados 50 litros de óleo e a operação durou mais de 9 horas. Aloe ainda tomou 3 banhos com detergente. "Cada camada que conseguimos remover nos aproximava do final e a emoção crescia. E aqui está Aloe, hoje é o dia dela", comemorou a instituição.

Veja também

Inteligência dos EUA adverte que mudança climática é ameaça à segurança nacional
Casa Branca

Inteligência dos EUA adverte que mudança climática é ameaça à segurança nacional

Procuradoria investigará presidente do Equador por fraude tributária após Pandora Papers
Equador

Procuradoria investigará presidente do Equador por fraude tributária após Pandora Papers