Vulcão Etna entra em erupção na Itália e fecha aeroporto na Sicília

Com lançamento de lavas e cinzas, 130 tremores de terra com variações de 2 a 6 quilômetros de profundidade foram registrados

 Fumaça sobe perto da cidade de Catania durante uma erupção do Monte Etna Fumaça sobe perto da cidade de Catania durante uma erupção do Monte Etna - Foto: Giovanni Isolino/AFP

O vulcão Etna, no sul da Itália, na Sicília, entrou em erupção. Localizado entre as províncias de Messina e Catania, é um dos mais altos do mundo, com aproximadamente 3,3 mil metros de altitude. As informações foram confirmadas pelo Instituto Nacional de Geofísica e Vulcanologia da Itália.

De acordo com o órgão, o vulcão intensificou e entrou em plena erupção há quatro dias. Houve lançamento de lavas e cinzas. O aeroporto da província de Catânia foi fechado e deve ser reaberto ainda nesta segunda-feira (24). Não há informações sobre vítimas nem evacuação na região.

Foram registrados 130 tremores de terra com variações de 2 a 6 quilômetros de profundidade. O instituto acompanha a erupção em parceria com o Departamento de Proteção Civil (DPC) e autoridades da área.

Leia também:
Número de mortos na Indonésia foi agravado por falta de alerta
Vídeo mostra momento em que tsunami atinge show na Indonésia; assista

Veja também

Twitter suspende conta de congressista de extrema direita nos EUA
Política norte-americana

Twitter suspende conta de congressista de extrema direita nos EUA

América Latina e Caribe têm mais de meio milhão de mortos por Covid-19, aponta AFP
PANDEMIA

América Latina e Caribe têm mais de meio milhão de mortos por Covid-19, aponta AFP