Mutirão na Alepe oferece serviços gratuitos à população

O mutirão acontece até as 12h desta quarta-feira (9) e oferece a emissão gratuita de RG, CPF, certidões de casamento, nascimento e óbito

O mutirão acontece até as 12h desta quarta-feira (9) na sede da Assembleia Legislativa de Pernambuco (Alepe)O mutirão acontece até as 12h desta quarta-feira (9) na sede da Assembleia Legislativa de Pernambuco (Alepe) - Foto: Vinícius Lucena/ Folha de Pernambuco

Uma ação em comemoração aos 30 anos da promulgação da Constituição Estadual está oferecendo uma série de serviços gratuitos para a população. O mutirão que acontece até as 12h desta quarta-feira (9) na sede da Assembleia Legislativa de Pernambuco (Alepe), no bairro da Boa Vista, área central do Recife, conta com a parceria de órgãos como o Procon, Detran, Celpe, Compesa, Expresso Cidadão, Defensoria Pública, Secretaria de Defesa Social, entre outros. Entre os serviços mais procurados está a emissão de documentos; para este serviço, estão sendo distribuídas 300 fichas de atendimento.

Estão sendo oferecidos a emissão gratuita de RG, CPF, certidões de casamento, nascimento e óbito - oferecidos pela Secretaria de Defesa Social (SDS) - e segunda via da Carteira Nacional de Habilitação (único serviço pago). O Tribunal de Justiça de Pernambuco (TJPE) participa da ação oferecendo regularização de uniões estáveis e orientações jurídicas.

Leia também:
Alepe realiza mutirão de serviços gratuitos à população
Programa É Meu Direito oferece serviços gratuitos em Nazaré da Mata
Governo pretende digitalizar mais de 2 mil serviços até final de 2020

A população ainda pode usufruir de serviços de saúde, beleza e cuidados; também haverá ações da Compesa como inscrições na tarifa social para a redução do valor da conta de água e negociação de dívidas. Também estão sendo inscrições em cursos profissionalizantes para jovens e ações de mediação de conflitos.

De acordo com a superintendente geral da Alepe, Christiane Vasconcelos, cerca de 4 mil pessoas devem ser atendidas ao longo da manhã. “A Constituição Estadual, assim como a Federal, tem a mesma preocupação com a questão da cidadania, por isso foi idealizada essa ação voltada para a população”, disse a superintendente.

O estudante secundarista Vinícius Santiago chegou cedo à Alepe e aproveitou a iniciativa para solicitar a terceira via da identidade. "Estou precisando do documento pra fazer o vestibular e tentar entrar na faculdade. Perdi o RG e tentei tirar por varias vezes mas só aqui consegui de forma gratuita", afirmou Vinícius.

A iniciativa também ajudou a aposentada Iracema Soares, 69, que levou uma das netas para atualizar a documentação. “É uma ação que me serviu muito a todos, pois teríamos que pagar pra emitir os documentos. Por isso tantas pessoas vieram aqui hoje”, conta Iracema, que, junto à neta, chegou à Alepe com duas horas de antecedência.

A promulgação da Carta Magna do Estado aconteceu no dia 5 de outubro de 1989, 352 dias após o início das atividades da assembleia constituinte, que contou com a participação de 57 deputados.

Veja também

Barroso manda governo proteger três terras indígenas da Covid-19 e diz que "situação é gravíssima"
Coronavírus

Barroso manda governo proteger três terras indígenas da Covid-19 e diz que "situação é gravíssima"

OAB define que metade dos cargos de direção da ordem deverá ser ocupada por mulheres
Equidade

OAB define que metade dos cargos de direção da ordem deverá ser ocupada por mulheres