Na capital da Suécia, 7,3% têm anticorpos para coronavírus

O país ficou conhecido por não impor um confinamento à força

Hospital na Suécia em período de pandemiaHospital na Suécia em período de pandemia - Foto: JONATHAN NACKSTRAND / AFP

Mais de três meses depois de ter o primeiro caso de coronavírus confirmado, Estocolmo, capital da Suécia, tem apenas 7,3% de seus moradores com anticorpos para o patógeno, segundo resultados parciais de um estudo que está sendo feito pela agência nacional de saúde pública, divulgados nesta quarta (20).

O país ficou conhecido por não impor um confinamento à força, embora tenha recomendado às pessoas que mantivessem distância e adotassem medidas de proteção para evitar o contágio pelo coronavírus.

Dados de mobilidade mostram que a circulação de pessoas caiu no país, o que pode explicar a taxa de pessoas com anticorpos semelhante à de países em que houve lockdown -na Espanha, por exemplo, estudo recente constatou que 5% da população tinha anticorpos.

Leia também:
Europa continua seu desconfinamento e OMS se reúne para tentar conter pandemia
OMS recomenda que cloroquina só seja usada em experimentos, sob supervisão


Maior cidade da Suécia, Estocolmo tem cerca de 1 milhão de habitantes. No condado de Escânia (1,36 milhão de habitantes), a pesquisa encontrou anticorpos em 4,2% das pessoas testadas, e em 3,7% no de Vastra Gotaland (1,71 milhão de habitantes).

Os números refletem o estado da epidemia no início de abril, já que o desenvolvimento de anticorpos detectáveis pelo teste leva algumas semanas após a infecção pelo coronavírus.

Nesta quarta, o país registrava pouco mais de 30 mil casos de Covid-19 e cerca de 3.700 mortes, com uma taxa de 36,6 mortos por 100 mil habitantes, mais que o triplo da vizinha Dinamarca, que tem 9,5/100 mil.

Segundo a autoridade de saúde sueca, foram analisadas 1.104 amostras. O grupo que tem de 20 a 64 apresentou a maior prevalência, de 6,7% no país, crianças e adolescentes (de 0 a 19 anos) apresentaram 4,7% de pessoas com anticorpos, e os de 65 a 70 anos, 2,7%.

E estudo está sendo feito em nove regiões do país, com cerca de 1.200 amostras de sangue coletadas ao longo de oito semanas.

Acompanhe a cobertura em tempo real da pandemia de coronavírus

 

Veja também

Plaza Shopping tem ação para descarte de óleo de cozinha usado
Responsabilidade socioambiental

Plaza Shopping tem ação para descarte de óleo de cozinha usado

Auditoria cita montagem, e gestão Bolsonaro encaminha anulação de contrato da Covaxin alvo de CPI
CPI DA COVID

Auditoria cita montagem, e governo encaminha anulação de contrato da Covaxin alvo de CPI