Coronavírus

Na Indonésia, 'influencers' viram prioridade na fila de vacinação contra a Covid-19

País teve aproximadamente 858 mil infectados e 25 mil mortes pela doença

Raffi Ahmad, influencer que foi vacinado contra a Covid-19 na IndonésiaRaffi Ahmad, influencer que foi vacinado contra a Covid-19 na Indonésia - Foto: Governo da Indonésia/Divulgação

Na luta contra a Covid-19, a Indonésia definiu que influenciadores digitais estão entre os primeiros da fila de vacinação, conforme cronograma iniciado na última quarta-feira (13). As informções foram publicadas pela rede Bloomberg News. 

O início da campanha foi marcado pela vacinação do presidente do país asiático, Joko Widodo, ao lado de Raffi Ahmad, influenciador que possui quase 50 milhões de seguidores no Instagram.

O quarto país mais populoso do mundo decidiu por incluir os influenciadores ao lado de quase 1,5 milhões de profissionais de saúde, na primeira fase de imunização, como uma estratégia de comunicação. 

Segundo a chefe da agência de saúde Bandung, Ahyani Raksanagara, os artistas “influenciam e transmitem mensagens positivas” sobre as vacinas, principalmente para os jovens.

"Atualmente, Raffi Ahmad está presente como um representante da comunidade que representa a geração do milênio que pode ser uma inspiração para todos os indonésios acreditarem nesta vacina contra a Covid-19 e contribuir para o sucesso do programa de vacinação", disse o porta-voz do governo para a vacinação Reisa Broto Asmoro.

Embora a Indonésia encare o surto da Covid-19 com mais 869 mil casos e 25 mil mortes (de acordo com a Universidade Johns Hopkins), ainda há descrença quanto à eficácia das vacinas. 

Além disso, por ter uma população majoritariamente muçulmana, há uma preocupação se a vacina da Sinovac, aprovada no país, seria halal (permitida no islamismo). 

A Secretaria de Saúde do país não especificou quantos influenciadores digitais receberão as primeiras doses, mas na lista das que serão vacinadas nesta quinta-feira (14) estão os músicos Ariel, do grupo Noah (3,1 milhões de seguidores no Instagram) e Risa Saraswati (1,8 milhão de seguidores)porque, 

A decisão de incluir influenciadores na lista de prioridades, no entanto, pode não ter dado muito certo. Fotos de Raffi o mostraram em uma festa horas após receber a injeção. A vacina, por sua vez, não tem eficácia imediata.

Raffi, inclusive, realizou a postagem de um pedido de desculpas através do Instagram. 

Confira o vídeo do momento em que o influenciador recebeu a primeira dose da vacina:

 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 

Uma publicação compartilhada por Raffi Ahmad and Nagita Slavina (@raffinagita1717)

Veja também

"Tomem a vacina que a esperança não deixa de acabar", disse a primeira vacinada em Pernambuco
Coronavírus

"Tomem a vacina que a esperança não deixa de acabar", disse a primeira vacinada em Pernambuco

Momento histórico: vacina contra a Covid-19 é aplicada pela primeira vez em Pernambuco
Coronavírus

Momento histórico: vacina contra a Covid-19 é aplicada pela primeira vez em Pernambuco