Não existe partido regional e sim nacional, diz senador

Fernando Bezerra Coelho continua acreditando que o controle do PMDB local será seu

Senador Fernando Bezerra Coelho (PMDB)Senador Fernando Bezerra Coelho (PMDB) - Foto: Jefferson Rudy/Agência Senado

Sob o argumento de que “não existe partido regional, e sim nacional”, o senador Fernando Bezerra Coelho segue acreditando que a secção pernambucana do PMDB sairá das mãos do deputado Jarbas Vasconcelos para as mãos dele, malgrado decisões judiciais, em caráter liminar, expedidas no Recife e em Brasília, em favor do grupo que ora o controla. O senador garante que a executiva nacional já pediu a cassação das duas liminares. E não tem dúvida de que terá êxito porque a Justiça não se envolve em temas da economia interna dos partidos. Encontra-se de pé, portanto, a promessa que lhe fez o presidente Romero Jucá de que o dirigente regional seria ele, com o compromisso de apresentar um projeto para Pernambuco nas eleições do próximo ano. Esse projeto não seria apenas do PMDB, mas de um conjunto de partidos que fazem oposição ao governo Paulo Câmara, especialmente PTB (Armando Monteiro Neto), PSDB (Bruno Araújo) e DEM (Mendonça Filho). O senador não deixa claro qual dos quatro encabeçaria a chapa majoritária. Mas está convencido de que Pernambuco elegerá em 2018 um governador “que tenha liderança, e que fale para o Brasil”, como fez Eduardo Campos em seus dois mandatos.

Pedido de reintegração
Por meio dos seus advogados, o prefeito afastado de São Lourenço, Bruno Pereira (PTB), ajuizou ação no STJ pedindo a sua reintegração ao cargo, do qual se encontra afastado há mais de 30 dias por decisão monocrática do desembargador Odilon Oliveira. O relator do processo é o ministro Sebastião Reis, que é tido naquela Corte como “carne de pescoço”.

Pujança > O deputado Tadeu Alencar (PSB), que está na China a convite do Partido Comunista, deve estar impressionado com a força da agremiação, que está realizando esta semana o seu 19º Congresso Nacional. Foi fundado há 96 anos e há 68 está no poder. Tem 89 milhões de filiados e 4,4 milhões de organizações de base.

Sertão > O governador Paulo Câmara inaugura hoje o novo campus da UPE em Arcoverde e o anel viário do município de Sertânia. Depois, em companhia dos prefeitos Madalena Brito (PSB) e Ângelo Ferreira (PSB), respectivamente, visitará trecho de obras da transposição do São Francisco.

Pronatec > Ação do deputado Zeca Cavalcanti (PTB) junto ao Ministério do Trabalho resultou na liberação de R$ 4.067.000,00 para a Superintendência Regional, em Pernambuco, para qualificação profissional no âmbito do Pronatec. O superintendente Geovane Freitas vai priorizar os agricultores familiares e os trabalhadores do Pólo de Confecções do Agreste.

Apelo > A deputada Roberta Arraes (PSB) esteve ontem na Superintendência Regional do Banco do Brasil pedindo para não serem fechadas as agências de Orocó e Ibupi, onde tem bases eleitorais. Ao todo, deverão ser fechadas 11 agências do BB em Pernambuco por serem deficitárias.

Aliados > Gabriel Neto, prefeito interino de São Lourenço, contratou ontem a empresa Locar, em caráter emergencial, para fazer a coleta do lixo no município. Ele está satisfeito com a quantidade de políticos que têm se oferecido para ajudá-lo tanto na Assembleia Legislativa como na Câmara Federal. O último foi o deputado Oséssio Silva (PRB).

Veja também

Mourão sinaliza que Ernesto Araújo pode ser trocado em reforma ministerial
Ministério

Mourão sinaliza que Ernesto Araújo pode ser trocado em reforma ministerial

Butantan diz que vai exportar doses extras de CoronaVac se Ministério da Saúde não se manifestar
Coronavac

Butantan diz que vai exportar doses extras de CoronaVac se Ministério da Saúde não se manifestar