Notícias

Não há prazo para reabertura na cidade de SP; setores precisam de aprovação dos protocolos

Segundo o prefeito, a cidade começará a receber os protocolos específicos

Bruno Covas, prefeito de São PauloBruno Covas, prefeito de São Paulo - Foto: Rovena Rosa/Agência Brasil

O prefeito de São Paulo, Bruno Covas (PSDB), afirmou nesta quinta-feira (28) que a cidade seguirá em quarentena e que não há prazo para adoção do plano de reabertura gradual da economia.

Leia também:
Quarentena mais dura para cidade de São Paulo opõe equipes de Doria e Covas
Taxa de isolamento fica em 55% no estado de São Paulo. Capital tem 57%


"Infelizmente ainda não viramos a página, mas pelos índices conquistados podemos falar em uma retomada tranquila e gradual. Discutiremos os protocolos para algumas atividades econômicas voltarem a funcionar", afirmou.

Segundo ele, a cidade começará a receber os protocolos específicos para que seja feito a reabertura de cada setor da economia, mas não há uma data estipulada para que o processo comece.

Veja também

Bebê de cinco meses é arremessado de carro e morre em acidente na BR-408, em São Lourenço da Mata
Acidente

Bebê de cinco meses é arremessado de carro e morre em acidente na BR-408, em São Lourenço da Mata

Oklahoma aprova lei que proíbe aborto desde a fecundação
Estados Unidos

Oklahoma aprova lei que proíbe aborto desde a fecundação