"Não quero viver para o trabalho", dispara Alok

O DJ número 1 do Brasil fez a declaração à revista Poder

O músico disse que está mudando as suas prioridades O músico disse que está mudando as suas prioridades  - Foto: Divulgação

Depois de quase ser vítima de um acidente de avião e de perder o bebê com a mulher, Romana Novais, Alok, o DJ número 1 do Brasil, afirmou, à revista Poder, que está mudando as suas prioridades. "Não quero mais viver para o trabalho. Quero também viver para mim, curtir a minha família, os amigos, fazer as coisas que eu gosto”, revelou.

O músico, que tem agenda intensa em todo o País e exterior, ainda disse que vive o melhor momento da sua vida, apesar de delicado. "Digo com tranquilidade que se eu morrer daqui um mês vou morrer feliz. Só me arrependeria por não ter tido um filho. Mas acho que estou no caminho, no caminho certo”, finalizou.

Veja também

Queda de van em ribanceira mata ao menos quatro em trecho da BR-101, na Mata Sul de Pernambuco
Joaquim Nabuco

Queda de van em ribanceira mata ao menos quatro em trecho da BR-101, na Mata Sul de Pernambuco

Encceja: Inep prorroga inscrições para até 25 de janeiro
Educa Mais

Encceja: Inep prorroga inscrições para até 25 de janeiro