Não vamos permitir festas juninas, diz governador da Bahia

Segundo o governador, não há perspectiva de que nenhuma aglomeração seja autorizada no mês de junho

Rui Costa (PT), Governador da BahiaRui Costa (PT), Governador da Bahia - Foto: Manu Dias/Governo da Bahia/Flickr

O governador da Bahia, Rui Costa (PT), oficializou nesta terça-feira (28) a decisão de não permitir a realização de festas juninas nos municípios do estado neste ano em consequência da pandemia do novo coronavírus.

De acordo com o governador, não serão permitidas festas em nenhum dos 417 municípios baianos, inclusive naqueles nos quais não forem registrados casos da Covid-19.

Leia também:

Com 474 novas mortes por coronavírus em 24h, Brasil bate recorde e ultrapassa China

INSS decide manter agências fechadas para conter o coronavírus 

"Se tiver festa em qualquer cidade da Bahia, as pessoas que têm carro, gostam da festa e que acham que não estão doentes vão querer ir. Vai atrair gente de várias cidades da Bahia, levando o vírus. Não vamos permitir", afirmou Costa em uma transmissão de vídeo na internet.

Segundo o governador, não há perspectiva de que nenhuma aglomeração seja autorizada no mês de junho. "Espero que cheguemos lá com a situação sob controle. Mas não vamos correr o risco de perder o controle por causa de festas."

Tradicionais no Nordeste, as festas de santo Antônio, são João e são Pedro costumam ser realizadas na maioria dos municípios da região, sobretudo nas cidades do interior.
Na Bahia, as maiores festas ocorrem em cidades como Amargosa, Cruz das Almas e Senhor do Bonfim. 

 

Veja também

Muita atividade física e pouco uso de máscara marcam movimentação neste domingo (25), no Recife
Recife

Muita atividade física e pouco uso de máscara marcam movimentação neste domingo (25), no Recife

Banhista é atacado por tubarão na praia de Piedade; segunda vítima em menos de um mês
Ataque

Banhista é atacado por tubarão na praia de Piedade; segunda vítima em menos de um mês