A-A+

Nasa recolhe depoimentos de quem assistiu à chegada do homem à Lua

Agência espacial prepara as comemorações para os 50 anos da missão Apollo 11, na qual Neil Armstrong pisou na Lua pela primeira vez

Chegada do homem à LuaChegada do homem à Lua - Foto: Divulgação/Nasa

A agência espacial norte-americana, a Nasa, está recolhendo depoimentos de pessoas que acompanharam a transmissão da chegada do homem à Lua. Em julho deste ano, os primeiros passos do astronauta Neil Armstrong em solo lunar completam 50 anos e os preparativos para a comemoração já começaram.

A ideia é reunir relatos de pessoas comuns que acompanharam pela TV ou pelo rádio o feito histórico da tripulação da missão Apollo 11. Os relatos recebidos vão ajudar a complementar os registros dos profissionais da Nasa que participaram do desafio espacial. Segundo a agência espacial, mais de 530 milhões de pessoas no mundo todo assistiram ao vivo ao pouso na Lua.

Leia também:
Dono da Amazon apresenta planos para missão na Lua
Depois de missão na Lua em 2024, Nasa confirma Marte para 2033


Os áudios devem ter no máximo dois minutos, mas a Nasa aconselha depoimentos mais curtos para aumentar as chances de serem usados na comemoração da data. O material deve ser enviado para o e-mail: [email protected].



A agência publicou em seu site oficial um guia de perguntas que podem ajudar nas entrevistas ou nos depoimentos pessoais de alguém:

- O que a exploração significa para você?
- Como você acha que seria ver o homem andar na Lua de novo?
- Quando você pensa na Lua, o que vem na sua mente?
- O que você quer saber sobre a Lua?
- Onde você estava quando o homem andou na Lua pela primeira vez? Descreva com quem você estava, o que você estava pensando, a atmosfera e como você estava se sentindo.
- Como foi a sua vida em 1969?
- Você se lembra de aprender sobre o espaço na escola? Se sim, o que você lembra?

Veja também

Queiroga diz que está com Covid-19 e que fará quarentena nos EUA
Ministro da Saúde

Queiroga diz que está com Covid-19 e que fará quarentena nos EUA

Covid-19: casos no Brasil diminuem após ajuste de dados em estados
Coronavírus

Covid-19: casos no Brasil diminuem após ajuste de dados em estados