Trânsito

Nesta terça, ruas do Recife recebem 11 novos radares de trânsito; confira os locais

Segundo a Prefeitura, os locais contemplados foram escolhidos a partir do alto índice de acidentes

Lombada Eletrônica no Cruzamento da Av. Agamenon com a Rua Odorico MendesLombada Eletrônica no Cruzamento da Av. Agamenon com a Rua Odorico Mendes - Foto: Arthur Mota/Folha de Pernambuco

A partir desta terça-feira (1), o Recife ganhará 11 novos radares de trânsito, no intuito de fiscalizar o excesso de velocidade e impedir outros tipos de infrações. De acordo com a Prefeitura do Recife, os locais que receberão os aparelhos foram escolhidos a partir do alto índice de acidentes nas vias. As novas fiscalizações serão implementadas por meio da Secretaria de Política Urbana e Licenciamento (Sepul) e da Autarquia de Trânsito e Transporte Urbano (CTTU).

Todos os equipamentos passarão por um período educativo, só passando a notificar os motoristas a partir do dia 21 de março. Entre os locais selecionados, estão as avenidas Norte, Caxangá e Governador Agamenon Magalhães. Segundo dados da CTTU, estas foram, respectivamente, as três vias com mais vítimas fatais por sinistros de trânsito entre 2017 e 2020.

Além das três avenidas citadas, também serão contempladas com a Rua Odorico Mendes; Avenida João de Barros e da Avenida Santos Dumont; Estrada Velha de Água Fria, próximo à Avenida Professor José dos Anjos; Avenida Visconde de Jequitinhonha, em ambos os sentidos, próximo à Rua Baltazar Passos; Avenida Doutor José Rufino, próximo à Rua Ipojuca, e Rua Falcão de Lacerda, na altura do entroncamento com a Rua Papa João XXIII.

A autarquia responsável informa que o limite de velocidade dos radares vai depender da localização. No entanto, a maioria deles será de 60 km/h. Além do excesso de velocidade, o equipamento vai flagrar os motoristas que pararem de forma irregular sobre a faixa de pedestre, assim como aqueles que ultrapassarem o sinal vermelho

Outros dados

De acordo com a PCR, os dados das notificações de trânsito mostram que a implantação de equipamentos de fiscalização eletrônica no Recife leva à mudança de comportamento dos condutores. 

No bairro do Recife, por exemplo, em 2015, foram registradas 17.308 notificações por excesso de velocidade. Em 2018, no entanto, o número caiu para 11.789 notificações. Uma redução de 31% no índice de desrespeito à velocidade máxima regulamentada.

Já na Avenida Mascarenhas de Moraes, após a implantação dos equipamentos de fiscalização eletrônica de velocidade, o índice de vítimas feridas no trânsito foi de 20%. Na Avenida Rui Barbosa, o número chegou a reduzir em 66%.

Veja também

Moradores fecham pista da Av. Agamenon Magalhães após fio de alta tensão cair em rua da Zona Norte
Recife

Moradores fecham pista da Av. Agamenon após fio de alta tensão cair em rua da Zona Norte

Índia proíbe plásticos de uso único para combater o desperdício
Meio Ambiente

Índia proíbe plásticos de uso único para combater o desperdício