Religião

No meio da missa, padre italiano anuncia que está apaixonado

Riccardo Ceccobelli confessou que a decisão de largar a batina foi difícil, porque ama e respeita a Igreja

Padre Riccardo CeccobelliPadre Riccardo Ceccobelli - Foto: Reprodução

"Meu coração se apaixonou": com estas palavras, o padre Riccardo Ceccobelli, sacerdote da diocese de Todi, no centro da Itália, anunciou que pendura a batina por amor. 
 
"Meu coração se apaixonou. Nunca tive a possibilidade de trair as promessas que fiz, mas quero tentar viver esse amor", disse o padre Riccardo a seu superior, o bispo Gualtiero Sigismondi, segundo um comunicado da diocese. 
 
O padre, que contou sua história à imprensa nesta terça-feira, foi suspenso do serviço e iniciou os trâmites para voltar ao estado laico, segundo a mesma fonte.
 
"Agradeço a dom Riccardo por todo serviço prestado até agora. E, em primeiro lugar, envio-lhe meus mais sinceros votos para que esta decisão, tomada em plena liberdade como ele mesmo me disse, garanta-lhe paz e serenidade", declarou o bispo Sigismondi.
 
O padre confessou que a decisão foi difícil, porque ama e respeita a Igreja.


"Não consigo ser coerente, transparente e correto com (a Igreja) como tenho sido até agora", reconheceu, segundo o comunicado.
 
A "confissão" em público, diante de seu rebanho e de seu bispo, foi feita durante a missa dominical. 
 
Segundo o jornal "Il Corriere della Sera", "todo mundo sabia" em sua cidade, perto de Perugia, que Riccardo estava com uma mulher. Sua identidade não foi divulgada.

Veja também

Procon-PE impede festa com mais de 400 pessoas em Jaboatão dos Guararapes
Pandemia

Procon-PE impede festa com mais de 400 pessoas em Jaboatão dos Guararapes

Chile conclui eleição histórica em busca de maior equidade com uma nova Constituição
AMÉRICA LATINA

Chile conclui eleição histórica em busca de maior equidade com uma nova Constituição