A-A+

No rádio, campanha do PT chama de cabresto voto em Jair Bolsonaro

Campanha do candidato do PSL foi a mesma transmitida nesta segunda (22), com críticas ao PT e à reportagem da Folha de S.Paulo

RádioRádio - Foto: Folha de Pernambuco

O programa do presidenciável do PT, Fernando Haddad, no rádio nesta terça-feira (23) chamou o voto em Jair Bolsonaro (PSL) de "voto de cabresto imposto pelo medo e pela mentira". A campanha voltou a mencionar a reportagem da Folha de S.Paulo sobre compra de disparos em massa contra o PT no WhatsApp e destacou falas e votos do candidato como deputado.

Como parlamentar, Bolsonaro votou a favor da reforma trabalhista e contra a PEC das domésticas, ações que o programa classifica como uma amostra de que ele é contra os pobres. A proposta de ensino à distância feita pelo candidato voltou a ser criticada no programa, que dessa vez apresenta ainda uma fala de Bolsonaro criticando as creches, uma vez que a educação dos filhos cabe aos pais.

Leia também:
MPE vai apurar suspeita de doações ilegais à campanha de Bolsonaro
WhatsApp esvaziou debate na campanha eleitoral deste ano
Contra rejeição, Bolsonaro chora na TV e Haddad diz que não faz 'campanha de um partido'


O programa também exibe um jingle que diz "hoje acordei no Brasil de Bolsonaro" e, além de falar sobre escola à distância, também diz que "ninguém se aposenta no país".

Já a campanha do candidato do PSL foi a mesma transmitida nesta segunda (22), com críticas ao PT e à reportagem da Folha de S.Paulo.

Veja também

Saúde promove Dia "D" de vacina antirrábica na fronteira com a Bolívia
Saúde

Saúde promove Dia "D" de vacina antirrábica na fronteira com a Bolívia

Talibãs exibem corpos de sequestradores em cidade no Afeganistão
Mundo

Talibãs exibem corpos de sequestradores em cidade no Afeganistão