No Recife, operação fiscaliza cumprimento da quarentena mais rígida

Procon-PE, Polícia Militar e Ipem-Pe circularam por bairros das zonas Norte e Sul do Recife, além da área central da Capital

Comércio não essencial foi fechado durante fiscalizaçãoComércio não essencial foi fechado durante fiscalização - Foto: Divulgação

Equipes do Procon, da Polícia Militar e do Instituto de Pesos e Medidas de Pernambuco (Ipem-PE) foram às ruas neste domingo (17) fiscalizar o cumprimento do Decreto Estadual nº 49.017/2020. O objetivo era orientar a população sobre as restrição da quarentena ampliada. 

Três grupos circularam por bairros das zonas Norte e Sul do Recife, além da área central da Capital. Quem estava na rua era abordado para que informasse o destino. Pessoas sem máscara eram logo orientadas a retornar para casa.

Leia também:
Ipojuca realiza barreira para conscientizar que quarentena não é fériasIpojuca realiza barreira para conscientizar que quarentena não é férias
Cidades com quarentena rígida no Estado passam por ações sanitárias, sociais e de fiscalização

Durante a ronda, estabelecimentos comerciais não essenciais, como barbearias, salões de beleza, lojas de manutenção e reparo de eletrodomésticos e serralharias foram encontradas abertas e, tiveram suas portas fechadas. Segundo representante do Procon -PE, a operação promete ser feita todos os dias, até o dia 31 de maio, nas cinco cidades da Região Metropolitana do Recife, que estão inclusas no decreto.

Acompanhe a cobertura em tempo real da pandemia de coronavírus

 

Veja também

EUA destaca seu papel na vacinação mundial anticovid em meio ao aumento da variante Delta
Coronavírus

EUA destaca seu papel na vacinação mundial anticovid em meio ao aumento da variante Delta

Acidente de trânsito mata 37 no Mali
Mundo

Acidente de trânsito mata 37 no Mali