Estudo Epidemiológico

Noronha identifica mais seis casos assintomáticos da Covid-19

Moradores e seus contatos próximos estão isolados enquanto aguardam exames

Coleta de material biológico para exame da Covid-19Coleta de material biológico para exame da Covid-19 - Foto: AFP

A Administração de Fernando de Noronha informou, nesta terça-feira (23), que o Estudo Epidemiológico que vem sendo realizado na ilha identificou seis novos casos da Covid-19 entre os moradores participantes. Todos estão assintomáticos há mais de 14 dias, foram colhidas novas amostras para processamento laboratorial a fim de descobrir se os mesmos já atingiram a cura clínica. 

Outras 20 pessoas, contactantes desses moradores que tiveram diagnóstico positivo, também foram testadas. No total, 26 amostras foram encaminhadas para o Recife, onde serão processadas. As seis pessoas confirmadas e os 20 contatos próximos estão em isolamento domiciliar. Com as novas notificações, sobe para 70 o número de casos do novo coronavírus identificados em Fernando de Noronha, sendo 28 registrados durante o período mais crítico da pandemia na ilha, e os demais identificados através do estudo.

Esse Estudo Epidemiológico está avaliando a circulação do novo coronavírus na ilha. Nesta primeira etapa da pesquisa, amostras de 900 moradores, selecionados de forma aleatória, de todas as regiões da ilha, já foram enviadas ao Recife para exames. Os moradores que aceitaram participar da pesquisa serão submetidos a exames por um período de um ano, durante o qual terão acompanhamento da equipe responsável. O estudo fornecerá evidências para orientar ações de vigilância e controle da doença e também irá apoiar a tomada de decisão da Administração na retomada das atividades sociais e econômicas na ilha.

Flexibilização
A partir desta sexta-feira (26), restaurantes, bares e lanchonetes da ilha poderão reabrir com 50% da capacidade de mesas e cadeiras. Já são permitidas as celebrações religiosas e as atividades de equipes esportivas. Noronha liberou ainda o comércio varejista, salões de beleza e serviços de estética, construção civil, clínicas e consultórios médicos, odontológicos e veterinários, óticas, clínicas de fisioterapia e de psicologia. As praias também já podem ser frequentadas pelos moradores. Todos os setores e serviços precisam seguir protocolos pré-determinados. 

Retorno de moradores
No sábado (27), desembarca na ilha mais um grupo de moradores. Na lista estão incluídos 38 nomes, porém todos deverão apresentar exames com resultado negativo para a Covid-19 para confirmar o embarque. A volta está acontecendo por etapas, para diminuir o risco da entrada de pessoas contaminadas na ilha. Para garantir a volta para casa, é necessário que os moradores façam um cadastro na Assistência Social do arquipélago. A Administração, junto com o conselho distrital da ilha, organizará os grupos para cada voo de acordo com as prioridades e entrará em contato informando a data do retorno de cada um. Na chegada à Noronha, todos ficam isolados em pousadas até que saia o resultado de um segundo exame, realizado na ilha. Os números para os moradores entrarem em contato com a assistência social são: (81) 9 9488 3167 / 9 8494 0311 / 9 8494 0307 / 9 9488 3165 / 9 9488 4367 / 9 9488 4367.

Veja também

Brasil registra 23.227 novos casos e 661 mortes pela Covid-19 nas últimas 24h
Coronavírus

Brasil registra 23.227 novos casos e 661 mortes pela Covid-19 nas últimas 24h

Doria assina decreto que dá isenção de ICMS a medicamento para doença rara
saúde

Doria assina decreto que dá isenção de ICMS a medicamento para doença rara