Noronha registra dois novos casos suspeitos da Covid-19

Todos os casos, confirmados e suspeitos, do novo coronavírus na ilha haviam sido descartados na última terça-feira (19)

Praia do Bode, em Fernando de NoronhaPraia do Bode, em Fernando de Noronha - Foto: Fabio Nóbrega/Portal FolhaPE

Após ter zerado os casos na última terça-feira (19), Fernando de Noronha notificou dois novos casos suspeitos do novo coronavírus nessa quinta-feira (21). De acordo com a administração da ilha, os pacientes já fizeram o teste, que foi encaminhado ao Laboratório Central de Saúde Pública de PE- Lacen, e aguardam o resultado. Desde o início da pandemia, Noronha registrou 28 casos de Covid-19 - todos tiveram cura clínica.

Nessa quinta-feira (21), os 12 servidores, que desembarcaram na ilha no último domingo (17) para prestar serviços essenciais e tiveram o diagnóstico de Covid-19 confirmado, embarcaram em voo fretado de volta ao Recife. Os servidores estavam assintomáticos e cumpriam quarentena enquanto aguardavam o resultado do teste.

Leia também:
Últimos casos suspeitos de Covid-19 em Fernando de Noronha são descartados
Estudo epidemiológico começa nesta sexta em Noronha

Noronha vai participar de um estudo epidemiológico para avaliar a circulação do novo coronavírus na ilha. A primeira etapa do estudo começa nesta sexta-feira (22). Serão convidados para participar da pesquisa 900 moradores, homens e mulheres, de diversas faixas etárias, de todas as regiões da ilha, selecionados de forma aleatória.

Os que aceitarem participar da pesquisa serão acompanhados pela equipe por um ano, responderão a questionários e realizarão testes para Covid-19. O estudo irá apoiar a tomada de decisão da Administração na retomada das atividades sociais e econômicas na ilha.

Acompanhe a cobertura em tempo real da pandemia de coronavírus

 

 

Veja também

Amazonas receberá cota extra de vacinas para frear pandemia
Coronavírus

Amazonas receberá cota extra de vacinas para frear pandemia

Avião com doses da vacina de Oxford, produzida na Índia, chega ao Rio
Coronavírus

Avião com doses da vacina de Oxford, produzida na Índia, chega ao Rio