Nota da OAB repudia ataque contra Bolsonaro e pede reflexão contra extremismos

"Neste momento, cabe a reflexão a respeito do momento marcado por extremismos, por discursos de ódio e apologia à violência", diz nota da OAB

Claudio Lamachia, presidente da OABClaudio Lamachia, presidente da OAB - Foto: Agência Brasil/Arquivo

A Ordem dos Advogados do Brasil (OAB) emitiu uma nota repudiando o ataque a faca contra o candidato à Presidência da República pelo PSL Jair Bolsonaro.

Leia também:
Temer diz que facada a Bolsonaro é 'lamentável para a democracia'
Candidatos repudiam ataque contra Bolsonaro


Veja a íntegra da nota:


"A Ordem dos Advogados do Brasil manifesta repúdio ao ato de violência praticado contra o candidato Jair Bolsonaro. A democracia não comporta esse tipo de situação.
A realização das eleições em ambiente saudável depende da serenidade das instituições e militantes políticos. O processo eleitoral não pode ser usado para enfraquecer a democracia.

Neste momento, cabe a reflexão a respeito do momento marcado por extremismos, por discursos de ódio e apologia à violência. Tudo isso apenas estimula mais violência, numa situação que prejudica a todos.

A OAB acompanha atenta o desdobramento desse fato. É preciso que todas as forças políticas possam participar do pleito e que os eleitores tenham assegurado o direito à livre escolha."

Veja também

Anvisa autoriza uso emergencial do 2º lote da CoronaVac; total é de 4,8 milhões de doses
Vacina

Anvisa autoriza uso emergencial do 2º lote da CoronaVac; total é de 4,8 milhões de doses

Distribuição de vacinas da AstraZeneca deve começar neste sábado (23)
Coronavírus

Distribuição de vacinas da AstraZeneca deve começar neste sábado (23)