Desabamento de parte de edificação no final da rua Imperial
Desabamento de parte de edificação no final da rua ImperialFoto: Paullo Allmeida/Folha de Pernambuco

No início da noite dessa quarta-feira (22) um imóvel desabou no bairro de Afogados, no Recife. Uma mulher morreu e 12 pessoas, entre elas três crianças, foram resgatadas. O imóvel fica localizado na rua da Paz, próxima à Ponte Motocolombó. O Corpo de Bombeiros trabalha com a hipótese de haver outras três pessoas ainda desaparecidas. As buscas seguem pela madrugada.

A construção tinha dois pavimentos composta por diversas residências multifamiliar, onde havia muitos moradores. No térreo do imóvel funcionava um ferro velho e no pavimento superior havia sete moradias, sendo duas em construção. Ainda não se sabe exatamente quantas pessoas moravam no local.

As equipes realizaram as atividades de buscas com cães farejadores para procurar possíveis vítimas sob os escombros. A Defesa Civil também foi acionada para vistoriar o local. Moradores do imóvel estiveram no local e disseram não desconfiar que o prédio poderia cair. "Eu estava no trabalho quando fiquei sabendo do ocorrido por telefone. Para mim, foi uma surpresa", comenta Viviane Félix, que moravo no local há dois meses com o marido. 

A Ponte de Afogados foi bloqueada pela Autarquia de Transporte do Recife pouco tempo depois do acidente acontecer, e permanece fechada na manhã desta quinta-feira (23). Por isso, os motoristas que passam pela Rua Imperial estão sendo desviados para a Avenida Sul, em direção à Rua da Paz. O trânsito está moderado nessas vias.

A equipe do Samu chegou às 17h20, mobilizando sete ambulâncias, sendo duas UTIs móveis e oito motolâncias para o chamado. O Corpo de Bombeiros foi acionado às 17h28. Foram enviadas duas Auto Busca e Salvamento, três Auto Resgates, duas Auto Comando de Operações. 

Cães farejadores

Três cães farejadores da raça labrador foram essenciais na busca por possíveis vítimas sob os escombros. Os animais foram usados pelo Corpo de Bombeiros. "O trabalho deles é indispensável em casos como estes, por se tratar de uma área extensa e com locais de difícil acesso", comenta o coronel Hilário Cavalcanti.


Imóvel no bairro de Afogados, antes do desabamento desta quarta-feira

Imóvel no bairro de Afogados, antes do desabamento desta quarta-feira - Crédito: Reprodução/Google

Vítimas resgatadas:

F.G, feminino, 34 anos, Policlínica de Afogados
J.L.B.N.J, masculino, 13 anos, UPA Ibura
J.K, feminino, 6 anos, UPA Ibura
L.M.O, feminino, 1 ano e 2 meses, UPA Imbiribeira
L.M.O, feminino, 18 anos, UPA Imbiribeira
G.M.G, masculino, 46 anos, Policlínica de Afogados
J.M.O, feminino, 39 anos, Hospital da Restauração
J.F.S, masculino, 15 anos, não precisou remoção
J.L.N, masculino, 21 anos, não precisou remoção
L.R.L, masculino, 17 anos, não precisou remoção
W.M.S, masculino, 19 anos, não precisou remoção
Uma outra vítima, ainda não identificada, não quis remoção

Em nota, a Secretaria de Mobilidade e Controle Urbano informou que o imóvel em questão configura uma construção irregular, já tendo sido notificado diversas vezes.

Confira nota na íntegra: 

A Prefeitura do Recife, por meio da Secretaria de Mobilidade e Controle Urbano, informa que o imóvel localizado na Rua Doutor Leônidas Cravo Gama, em Afogados, que desabou na tarde de hoje (quarta-feira), é uma construção irregular e já foi notificado diversas vezes pela Diretoria Executiva de Controle Urbano (Dircon).

O SAMU 192 foi acionado às 17h16 e chegou ao local às 17h20. Foram mobilizadas sete ambulâncias, sendo duas UTIs móveis e oito motolâncias para o chamado. No local, fez o atendimento de 12 vítimas, com sete encaminhamentos para Unidades de Saúde de referência e cinco atendimentos no local. Um óbito foi confirmado.

Equipes da Secretaria Executiva de Defesa Civil (Sedec), da Guarda Municipal do Recife e da Autarquia de Trânsito e Transporte Urbano do Recife (CTTU) estão no local prestando apoio à operação.

Desabamento de parte de edificação no final da rua Imperial
Desabamento de parte de edificação no final da rua ImperialFoto: Paullo Allmeida/Folha de Pernambuco
Desabamento de parte de edificação no final da rua Imperial.
Desabamento de parte de edificação no final da rua Imperial.Foto: Paullo Allmeida/Folha de Pernambuco
Desabamento de parte de edificação no final da rua Imperial.
Desabamento de parte de edificação no final da rua Imperial.Foto: Paullo Allmeida/Folha de Pernambuco
Desabamento de parte de edificação no final da rua Imperial
Desabamento de parte de edificação no final da rua ImperialFoto: Paullo Allmeida/Folha de Pernambuco
Desabamento de parte de edificação no final da rua Imperial
Desabamento de parte de edificação no final da rua ImperialFoto: Paullo Allmeida/Folha de Pernambuco

veja também

comentários

comece o dia bem informado: