Rompimento da barragem aconteceu nessa sexta-feira (25) em Brumadinho, MG
Rompimento da barragem aconteceu nessa sexta-feira (25) em Brumadinho, MGFoto: Douglas Magno/AFP

As usinas hidrelétricas de Retiro Baixo e Três Marias poderão ser afetadas pelo rompimento das barragens da mineradora Vale, nesta sexta-feira (25). A Agência Nacional de Águas (ANA) informou que a Usina Hidrelétrica Retiro Baixo, que está a 220 km do local do rompimento, deverá ser impactada pelos rejeitos dentro de dois dias e que "possibilitará amortecimento da onda de rejeito".

A usina fica no rio Paraopeba, na bacia do rio São Francisco. Furnas, subsidiária da Eletrobras que tem 49% do empreendimento, está monitorando a situação. Outra hidrelétrica que poderá ser afetada é a usina de Três Marias, também na bacia do São Francisco.

Leia também:
Rompimento de barragem em Brumadinho deixa cerca de 200 desaparecidos; veja fotos
Bolsonaro diz que rompimento poderia ser evitado e que caso pode ser mais grave do que se espera
Agência Nacional de Água está monitorando rejeitos de barragem


A Companhia Energética de Minas Gerais (Cemig), que opera a usina, diz estar acompanhando a situação, mas que espera que o impacto do acidente em seu reservatório seja mínimo, porque boa parte dos rejeitos deverá ser retida pelo reservatório da usina de Retiro Baixo.

A reportagem entrou em contato com a ONS (Operadora Nacional do Sistema) para saber se há risco de impacto no abastecimento de energia elétrica, mas ainda não teve retorno. Mesmo que as hidrelétricas sejam afetadas, o órgão poderia acionar outras usinas para garantir o fornecimento.

veja também

comentários

comece o dia bem informado: