Barragem da mineradora Vale rompeu em Brumadinho (MG)
Barragem da mineradora Vale rompeu em Brumadinho (MG)Foto: Isac Nóbrega/PR

O Governo Federal está captando água em 47 pontos do rio Paraopeba para avaliar a qualidade da água e que abastece a região metropolitana de Belo Horizonte. O resultado do exame deverá ficar pronto na próxima quarta-feira (30).

A captação de água, no entanto, já foi interrompida e, segundo o ministro Gustavo Canuto (Desenvolvimento Regional) a população não precisa se alarmar com a qualidade da água fornecida. Isso porque, disse ele, a captação só será retomada quando as estações de tratamento tiverem capacidade de limpar a água. Além dos sedimentos de mineração, resíduos que estavam depositados no fundo do rio foram reativados, afetando a qualidade da água.

Leia também:
Vale divulga nova lista com nome de 287 desaparecidos
Defesa Civil retoma buscas por sobreviventes em Brumadinho
Justiça brasileira já bloqueou R$ 11 bilhões da Vale por rompimento de barragem


Cerca de 3 milhões de pessoas são abastecidas pelo Paraopeba, segundo Canuto.
Outras fontes de captação aumentarão a oferta para suprir a demanda enquanto durar a interdição no Paraopeba.

A análise da água será conduzida pela CPRM (Companhia de Pesquisa de Recursos Minerais), vinculada ao Ministério de Minas e Energia. O presidente da estatal, da Ana (Agência Nacional de Águas) e do Desenvolvimento Regional se reuniram na manhã deste domingo (27) em Brasília.

veja também

comentários

comece o dia bem informado: