Hospital Clementino Fraga, na Paraíba
Hospital Clementino Fraga, na ParaíbaFoto: Divulgação/Secom-PB

Um homem de 59 anos, com histórico de viagem à Itália entre 14 e 23 de fevereiro, é o primeiro caso suspeito para o novo coronavírus (Covid-19) na Paraíba. O paciente chegou ao Brasil na segunda-feira (24) e desembarcou no Aeroporto do Recife, mas em voo diferente do que veio a caruaruense com suspeita de ter o vírus

Ele está internado no Hospital Clementino Fraga, uma das unidades de referência para atendimento de casos suspeitos de coronavírus e sendo tratado para Síndrome Respiratória Aguda Grave (SRAG), como determina o protocolo do Ministério da Saúde, enquanto aguarda confirmação ou descarte de caso.

A Secretaria de Estado da Saúde da Paraíba (SES-PB) informou, por meio de nota, que o homem de 59 anos apresentou sintomas como tosse, febre e coriza durante viagem que fez à Itália entre 14 e 23 de fevereiro. Ele buscou o atendimento médico por conta própria, acompanhado por familiares. Ainda segundo o órgão, foi realizado atendimento assistencial, coleta para exame e realizada notificação para o Ministério da Saúde para definição de caso.

Em paralelo ao acolhimento do paciente no Clementino Fraga, a SES-PB juntamente com a Vigilância municipal, deu início às primeiras medidas de vigilância, conforme estabelecido previamente no Fluxo Estadual para Caso Suspeito. Na nota, o órgão destaca que a Paraíba possui um plano estadual para notificação e assistência para o novo Coronavírus, elaborado desde o fim de Janeiro e amplamente divulgado entre profissionais de saúde da rede pública e privada de todo o Estado.

"Além do Hospital Clementino Fraga, em João Pessoa, o Hospital Universitário Lauro Wanderley também é unidade de atendimento para casos suspeitos para o novo Coronavírus na Paraíba, sendo este último para pacientes da pediatria", diz a nota.

A Secretaria de Saúde de Pernambuco foi notificada sobre o primeiro caso suspeito para Coronavírus na Paraíba na terça-feira (25). Em nota, a pasta pernambucana declarou que solicitou à Anvisa a lista de passageiros e tripulantes que estavam no mesmo voo do paraibano e iniciará, em parceria com os municípios, o contato para recomendações, que passam pela adoção de medidas de higiene pessoal e etiqueta respiratória. Além disso, caso note algum sintoma suspeito, a pessoa deve procurar imediatamente o serviço de saúde mais próximo.

Leia também:
Brasil confirma primeiro caso do novo coronavírus  
Mulher é o primeiro caso suspeito do novo coronavírus em Pernambuco


veja também

comentários

comece o dia bem informado: