Grupo de operações especiais bloqueia ponte no Recife
Grupo de operações especiais bloqueia ponte no RecifeFoto: Bruno Campos/Folha de Pernambuco

Policiais e bombeiros militares realizam, nesta sexta-feira (9), passeata após a assembleia para protestar contra a prisão de dois líderes da Associação de Cabos e Soldados (ACS). O grupo seguiu da praça do Derby, na área central do Recife, em direção ao Palácio do Campo das Princesas, sede do Governo do Estado, no bairro de Santo Antônio, Centro.

Mais cedo, durante a concentração do movimento, na praça do Derby, a categoria decidiu não discutir sobre greve, para que o ato não fosse considerado ilegal. Debateram, no entanto, sobre equiparação salarial e o Plano de Cargos e Salários dos policiais e bombeiros militares.

Para evitar o acesso dos militares ao Palácio do Governo, porém, as pontes Duarte Coelho e Princesa Isabel foram bloqueadas por integrantes do Companhia Independente de Operações Especiais (Cioe). Mas os PMs e bombeiros conseguiram avançar, indo em direção à sede do Governo Estadual.

Durante assembleia, foram presos Albérisson Carlos e Nadelson Leite, respectivamente o presidente e vice-presidente Associação de Cabos e Soldados de Pernambuco (ACS-PE).

Saiba mais:

Presidente e vice da Associação de Cabos e Soldados são presos durante assembleia
Governo pede reforço do Exército caso haja greve da PM
Temer garante Exército em caso de greve da PMPE
Desembargador proíbe associações militares de fazer assembleia sobre greve
PMs e bombeiros suspendem paralisação mas fazem operação padrão

A manifestação pede a valorização profissional, equiparação com salário recém-conquistado pelos policiais civis, além dos "penduricalhos" - que seriam os bônus que os militares recebem; eles querem que seja considerado subsídio, ao invés de bonificação.

Nesta sexta (9), o governo de Pernambuco enviou ao Governo Federal um ofício para pedir apoio do Exército Brasileiro para garantir a segurança pública em caso de greve dos policiais militares.

Na quarta-feira (7), o desembargador José Fernandes Lemos, do Tribunal de Justiça de Pernambuco (TJPE), determinou que associações militares "se abstenham" de realizar assembleias para tratar sobre greve. Mesmo assim a categoria manteve o ato desta sexta (9).

Grupo de operações especiais bloqueia ponte no Recife
Grupo de operações especiais bloqueia ponte no RecifeFoto: Bruno Campos/Folha de Pernambuco
Passeata avança pela ponte, em direção ao Palácio do Governo
Passeata avança pela ponte, em direção ao Palácio do GovernoFoto: Bruno Campos/Folha de Pernambuco
Passeata de Bombeiros e PMs
Passeata de Bombeiros e PMsFoto: Clemilson Campos/Folha de Pernambuco

veja também

comentários

comece o dia bem informado: