Igreja Santa Tereza D'Ávila
Igreja Santa Tereza D'ÁvilaFoto: Anderson Stevens/Folha de Pernambuco

Para quem passa no Pátio do Carmo, no bairro de Santo Antônio (Centro), chama a atenção a suntuosa basílica da padroeira da Capital pernambucana. Nem todo mundo sabe, porém, que ali há duas edificações dedicadas a duas diferentes Ordens católicas. 

Ao lado do templo supracitado está a Igreja Santa Teresa d’Ávila, da Ordem Terceira do Carmo do Recife, cuja principal característica é a grande quantidade de pinturas existentes em sua nave. Pois o público agora pode se preparar para uma revelação: o prédio está em ampla reforma, mesmo antes da restauração ficar pronta já se encontra disponível para visitação e, a partir de fevereiro, contará com mais um horário de missa. E você não tem ideia das surpresas que estão por vir.

Numa incursão nem tão minuciosa às dependências da Igreja Santa Teresa d’Ávila, nossa reportagem percebeu que adentrar os vários espaços da edificação corresponde quase a uma aventura cinematográfica, a exemplo de filmes como “Matrix”, “Agentes do Destino”, “As Crônicas de Nárnia” ou “Quero Ser John Malkovich”. Cada porta leva a um lugar diferente e mais fascinante. Até que você acaba descobrindo que o próprio conjunto arquitetônico já foi muito maior do que é possível observar e guarda uma riqueza de detalhes e de acervo difícil de imaginar.

Atualmente ocorrem duas missas: aos domingos, às 8h, e às terças-feiras, às 10h. A partir de fevereiro, esse último horário também estará disponível às segundas-feiras.

Outra programação diz respeito ao projeto Recife Sagrado, da Secretaria de Turismo e Lazer da Prefeitura do Recife: há pouco mais de dois anos, com o auxílio de duas duplas de estagiários, é possível conhecer um pouco mais sobre o contexto histórico, a arte, a arquitetura e a própria santa espanhola que dá nome à igreja. O serviço é oferecido, de segunda a sexta, das 8h às 12h e das 13h às 17h. Com a reforma do prédio, entretanto, a visitação deve ficar ainda muito mais interessante.

Conjugado à basílica pertencente à Ordem Primeira do Carmo, a Igreja Santa Teresa d’Ávila foi construída a partir de um terreno doado pela vizinha em 1695. Menor e mais recuada, sua mais notada peculiaridade é um conjunto de 68 pinturas que ornamentam o teto e as paredes da nave principal, de autoria do artista visual João de Deus. “É a maior pinacoteca de Santa Teresa no mundo. Tem os principais passos dela”, explica o funcionário público e irmão-terceiro Aldir Maia Neto, 33 anos, um dos quase 400 integrantes da Ordem e, se não o maior, um dos entusiastas mais atuantes na divulgação do templo sagrado.

Só essa parte do acervo é mesmo fascinante. A quantidade de pinturas é o que mais chama à atenção do guia turístico Thiago Ferreira, 23, estudante do curso de História da Funeso. “É o maior acervo dedicado a uma só pessoa no mundo”, conta. Para sua colega, Lívia Andrade, 19, estudante do curso de Turismo da UFPE, outro aspecto encantador é a tentativa de imitação de mármore nos recursos empregados no acabamento interno. “É tudo madeira talhada e pedra calcária”, desvenda. De novembro de 2014 até novembro de 2016, o espaço foi o segundo mais visitado entre os sete templos que integram o projeto Recife Sagrado.

Mantida pelos próprios irmãos-terceiros, a igreja congrega vários estilos arquitetônicos, é tombada pelo Patrimônio Histórico e teve aprovado seu processo de restauração, cujo início ocorreu em junho último. A previsão é que toda a reforma, que ainda se encontra na fase estrutural e inclui também o acervo e o mobiliário, dure cerca de um ano.
A edificação e todo seu conteúdo tem um potencial de beleza e riqueza semelhante à recém-reformada sede da Academia Pernambucana de Letras, no bairro das Graças (Zona Norte), entretanto, em uma escala bem maior. Além da nave principal, o prédio possui uma sacristia contendo mais pinturas no teto (do mesmo João de Deus), vitrines que contam os dez momentos mais significativos de Santa Teresa, móveis em jacarandá e livros históricos; uma capela; um cemitério com mais de 500 ossuários em que constam jazigos de famílias com a do barão de Casa Forte; um museu; uma sala de estudos; dois pátios; duas alas de aposentos de irmãs e irmãos terceiros; entre outros.

Um verdadeiro labirinto que, a cada porta aberta, revela um passado fascinante, a exemplo dos trechos que mostram que a igreja já teve um pé-direito (distância do piso ao teto) e um altar muito maiores, que foram reduzidos nas reformas ao longo dos séculos. Expor cada um desses detalhes e colocá-los disponíveis para a visitação é tornar o futuro igualmente arrebatador.

Igreja Santa Tereza D'Ávila
Igreja Santa Tereza D'ÁvilaFoto: Anderson Stevens/Folha de Pernambuco
Igreja Santa Tereza D'Ávila
Igreja Santa Tereza D'ÁvilaFoto: Anderson Stevens/Folha de Pernambuco
Igreja Santa Tereza D'Ávila
Igreja Santa Tereza D'ÁvilaFoto: Anderson Stevens/Folha de Pernambuco
Igreja Santa Tereza D'Ávila
Igreja Santa Tereza D'ÁvilaFoto: Anderson Stevens/Folha de Pernambuco
Igreja Santa Tereza D'Ávila
Igreja Santa Tereza D'ÁvilaFoto: Anderson Stevens/Folha de Pernambuco
Igreja Santa Tereza D'Ávila
Igreja Santa Tereza D'ÁvilaFoto: Anderson Stevens/Folha de Pernambuco
Igreja Santa Tereza D'Ávila
Igreja Santa Tereza D'ÁvilaFoto: Anderson Stevens/Folha de Pernambuco
Igreja Santa Tereza D'Ávila
Igreja Santa Tereza D'ÁvilaFoto: Anderson Stevens/Folha de Pernambuco
Igreja Santa Tereza D'Ávila
Igreja Santa Tereza D'ÁvilaFoto: Anderson Stevens/Folha de Pernambuco
Igreja Santa Tereza D'Ávila
Igreja Santa Tereza D'ÁvilaFoto: Anderson Stevens/Folha de Pernambuco
Igreja Santa Tereza D'Ávila
Igreja Santa Tereza D'ÁvilaFoto: Anderson Stevens/Folha de Pernambuco
Igreja Santa Tereza D'Ávila
Igreja Santa Tereza D'ÁvilaFoto: Anderson Stevens/Folha de Pernambuco
Igreja Santa Tereza D'Ávila
Igreja Santa Tereza D'ÁvilaFoto: Anderson Stevens/Folha de Pernambuco
Igreja Santa Tereza D'Ávila
Igreja Santa Tereza D'ÁvilaFoto: Anderson Stevens/Folha de Pernambuco
Igreja Santa Tereza D'Ávila
Igreja Santa Tereza D'ÁvilaFoto: Anderson Stevens/Folha de Pernambuco

veja também

comentários

comece o dia bem informado: