Joselito Kehrle
Joselito KehrleFoto: Ed Machado/Folha de Pernambuco

A Polícia Civil deflagrou, na manhã desta quarta-feira (13), a operação Héstia, para prender 22 integrantes de uma organização criminosa que praticava homicídios, tráfico de drogas, roubo qualificado, corrupção de menores e lavagem de dinheiro. Os mandados estão sendo cumpridos nos municípios de Jaboatão dos Guararapes, no Grande Recife, e em Goiana e Itambé na Zona da Mata Norte. 

“Foi investigação que durou quatro meses. Ela teve início em cima de um homicídio, que aparentemente seria um homicídio isolado, mas que na verdade, no curso da investigação, se mostrou está ligado a esta organização criminosa bastante articulada. Na verdade, o tráfico de drogas era de onde vinha a maior receita", disse o chefe da Polícia Civil, Joselito Kehrle.

As investigações foram efetuadas pela 16ª Delegacia de Homicídios da 3ª Divisão de Homicídios do Agreste, com assessoria do Núcleo de Inteligência da Mata Norte. Para executar a operação foi empregado um efetivo de 105 Policiais Civis, entre delegados, agentes e escrivães, com supervisão da chefia de Polícia Civil e coordenação da Diretoria Integrada do Interior 1.

Leia também:
Dono do Ponto do Açaí é preso por incendiar Casa do Pará
Homens vítimas de naufrágio são resgatados no Janga

veja também

comentários

comece o dia bem informado: