Lucinha Mota, mãe de Beatriz
Lucinha Mota, mãe de BeatrizFoto: Arthur Mota/Folha de Pernambuco

O pedido de ajuda da mãe de Beatriz, Maria Lucia Mota da Silva, foi ouvido e correspondido pelo Vaticano. O Papa Francisco respondeu à carta com uma mensagem de esperança, oração à Nossa Senhora Aparecida e benção a todos que estão empenhados na resolução do caso.

Pai de Beatriz, Sandro Romilton agradeceu a benção papal e se disse com maior expectativa para o desenrolar das investigações nos próximos dias. “Existe além da nossa fé e gratidão, um simbolismo muito grande nessa carta. Beatriz estudava em um colégio católico, teve uma educação cristã e acredito, também, que a influência do Vaticano vai ser muito positiva para o colégio colaborar mais com as investigações”, falou.

Carta do Papa Francisco à família da menina Beatriz by Folha de Pernambuco on Scribd


Leia também
Caso Beatriz não será federalizado, mas a polícia pede cooperação à PF
Homem preso em Lagoa Grande é investigado por ligação com caso da menina Beatriz

CASO BEATRIZ
A menina de 7 anos foi assassinada a tesouradas em dezembro de 2015, em Petrolina, no Sertão de Pernambuco. A delegada Gleide Ângelo, que assumiu o caso, chegou a identificar o assassino durante a investigação, entretanto, o homem ainda não foi encontrado. Na última semana, familiares e amigos protestaram no Recife pedindo quebra de sigilo e celeridade.

Denúncias podem ser feitas pelos seguintes números:
- Disque-denúncia: (81) 3421-9595/ (81) 3719-4545
- Ouvidoria da SDS: 181 / Whatsapp: (87) 99911-8104

veja também

comentários

comece o dia bem informado: