Imagens de câmeras de prédios registraram momento de acidente
Imagens de câmeras de prédios registraram momento de acidenteFoto: Reprodução

Imagens de câmeras de seguranças de um prédio situado no bairro da Tamarineira, na Zona Norte do Recife, registraram o momento em que o Ford Fusion de placa NMN-3336, que era conduzido pelo estudante de engenharia civil João Victor Ribeiro de Oliveira, de 25 anos, avança o sinal vermelho em alta velocidade e atinge a Toyota RAV4 em que estavam o advogado trabalhista Miguel Arruda da Motta Silveira Filho, de 46 anos, a esposa dele, a advogada Maria Emília Guimarães, 39, os dois filhos, Miguel Guimarães Motta Silveira, de 3 anos, e Marcela Guimarães Motta Silveira, 5, além da babá das crianças, Rosiane de Brito Souza, 23, que estaria grávida de três meses.

O acidente aconteceu às 19h32 no cruzamento da rua Cônego Barata com a avenida Conselheiro Rosa e Silva. O teste do bafômetro indicou 1,03 miligramas de álcool por litro de ar expelido - três vezes mais álcool no sangue do que o permitido. João Victor foi autuado em flagrante por duplo homicídio com dolo eventual e três lesões gravíssimas.

"Como ele praticou o crime em dolo eventual, quando o agente não dirige a sua conduta especificamente para aquele resultado, mas é um resultado previsível e ele aceita o resultado, como é o caso da situação, ele responde pelo resultado. Como nós temos dois óbitos até agora, ele foi autuado por duplo homicídio doloso. E como existem três pessoas internadas ele foi autuado também por três lesões gravíssimas. Caso essas pessoas venham a falecer, que nós esperamos que não, serão computadas aí ao indiciamento no final essas novas penas de homicídio. Ele pode responder até por um sêxtuplo homicídio doloso, já que existe a notícia de que a babá estava grávida", observou o delegado.

Leia também:
[Vídeo] Motorista que provocou acidente no Recife responderá por duplo homicídio
Acidente na Zona Norte mata duas mulheres e fere duas crianças


Silveira destacou que, além das imagens da câmera de segurança do prédio, uma testemunha presenciou o momento em que o motorista do Fusion passou pelo sinal de trânsito, que estava verde, sem sequer reduzir a velocidade. "Um motoboy viu o motorista do Fusion já em uma atitude extremamente imprudente ali no cruzamento entre a Avenida Norte e a Cônego Barata. Ele acompanhou o motorista do Fusion, que foi em alta velocidade, passou na frente da Ferreira Costa. O motoqueiro diz que ele quase perdeu o controle e capotou. Apesar de ter conseguido segurar o carro, continuou a empreender uma velocidade alta. Uns 200 metros a frente o sinal já estava vermelho e, mesmo assim, em momento algum ele freou. Empreendeu alta velocidade e simplesmente passou", disse.

Diante da atitude imprudente do estudante de engenharia, a testemunha chegou a pensar que se tratava de alguém que queria se matar. "A própria testemunha afirma que naquele momento teve a sensação de que era uma pessoa que estava querendo se matar, porque ele viu o sinal vermelho em um cruzamento bastante movimentado e não teve sequer a preocupação de reduzir a velocidade", contou Ricardo Silveira.

Para se defender, Victor usou a tese de que é dependente de álcool e drogas, que teve uma recaída e não lembra do momento do acidente. "Ele disse não lembrar inclusive de ter vindo de Olinda para a Tamarineira ou pra Casa Forte, onde esteve em um bar conhecido, e não lembra da colisão, de absolutamente nada. Diz que apenas recobrou os sentidos quando chegou aqui na delegacia", detalhou o investigador.

O delegado disse ainda que não está descartada a apuração da responsabilidade do pai do universitário no caso. O homem esteve na delegacia ainda na madrugada desta segunda-feira (27). "Ele estava bastante aflito, principalmente porque o carro dele foi usado pelo filho sem a sua autorização. Isso pelo menos é o que a gente sabe até agora. A gente não descarta também a participação. Se o cara é dependente químico e tem problema com álcool, como o pai empresta o carro? Isso também poderá ser analisado pelo delegado que vai conduzir a investigação" , frisou.

Veja vídeo do momento do acidente:

veja também

comentários

comece o dia bem informado: