A presidente adjunta da Neoenergia, Solange Ribeiro, o presidente do Porto Social, Fábio Silva e o presidente da Celpe, Antônio Carlos Sanches
A presidente adjunta da Neoenergia, Solange Ribeiro, o presidente do Porto Social, Fábio Silva e o presidente da Celpe, Antônio Carlos SanchesFoto: Divulgação/Celpe

Um convênio firmado entre a Companhia Energética de Pernambuco (Celpe) e o Porto Social, incubadora de ONGs do Recife, pretende conscientizar consumidores de 50 comunidades do Grande Recife a respeito de uma cultura de uso eficiente e seguro da energia elétrica. A expectativa da parceria, celebrada nesta segunda (16), é de que mais de 6 mil pessoas sejam atingidas e tenham redução de consumo de energia e aumento nos índices de segurança.

Para isso, a Celpe e o Porto Social irão desenvolver ações para difundir os temas por meio da mobilização de gestores sociais de organizações vinculados ao Porto Social, que serão treinados para repassar os ensinamentos em suas comunidades.

Leia também:
Celpe firma parceria com Unicef para difundir uso seguro da energia em PE


Todo processo de capacitação e material de divulgação será disponibilizado pela Celpe. Serão utilizados materiais e vídeos educativos para as atividades orientadas pelas instituições por meio da metodologia do Porto Social “a causa da vida, o cuidar de pessoas”, com os líderes sociais que já atuam nas comunidades.

As ações são direcionadas simultaneamente às famílias, com o envolvimento de donas de casa e crianças, e também ao comércio com a sensibilização dos comerciantes em geral e profissionais autônomos, além da comunidade escolar.

veja também

comentários

comece o dia bem informado: