Com macacões vermelhos e máscaras de Salvador Dalí, iguais as utilizadas na série La Casa de Papel, quatro homens invadiram o Cotel, em Abreu e Lima
Com macacões vermelhos e máscaras de Salvador Dalí, iguais as utilizadas na série La Casa de Papel, quatro homens invadiram o Cotel, em Abreu e LimaFoto: Cortesia

Com macacões vermelhos e máscaras de Salvador Dalí, iguais às utilizadas na série La Casa de Papel, quatro homens invadiram o Centro de Observação Criminológica e Triagem Professor Everardo Luna (Cotel), em Abreu e Lima, na Região Metropolitana do Recife, no fim da manhã desta terça-feira (17). O grupo, formado pelo youtuber Gerson Albuquerque, de 22 anos, e três amigos, aproveitou o momento em que um veículo deixava o local para entrar na unidade, sendo abordado e quase baleado por agentes penitenciários. A intenção era fazer uma pegadinha para publicar no canal do youtuber, que tem mais de dois milhões de inscritos.

Os agentes de segurança, ao perceberem a movimentação estranha, imaginaram que se tratava de uma tentativa de resgate de presos. Os quatro foram rendidos e revistados. Apenas depois eles revelaram que se tratava de uma pegadinha para a plataforma de vídeos. Gerson Albuquerque e os três amigos foram levados em uma viatura para a Delegacia de Paulista. 

Leia também:
Youtubers que entraram no Cotel fantasiados são encaminhados para audiência de custódia
Youtuber pernambucano é esfaqueado por travesti ao gravar pegadinha


No Stories do Instagram de Gerson, que tem mais de 151 mil seguidores, ele publicou vídeos com a fantasia dizendo que ia sair para faz uma pegadinha. Um pouco depois, ele e os amigos filmaram em frente a uma agência da Caixa Econômica Federal e circulando em um carro, todos mascarados. "Minha gente, eu nunca vi tanta polícia quanto eu vi hoje. Foram seis viaturas que passaram e só duas nos abordaram. Foi muito tenso", contou em um dos vídeos.

Por meio de nota, a Secretaria Executiva de Ressocialização (Seres) informou que os homens invadiram o estacionamento do Cotel e que os agentes penitenciários realizaram a abordagem. "Eles foram levados para a Delegacia de Paulista para providências legais cabíveis", diz trecho da nota.

Assista:

veja também

comentários

comece o dia bem informado: