Ônibus
ÔnibusFoto: Arthur Mota/Folha de Pernambuco

Os usuários do transporte público da Região Metropolitana do Recife (RMR) também serão prejudicados pelo aumento do valor do combustível, especialmente o diesel. O Grande Recife Consórcio de Transporte anunciou, no fim da tarde desta terça-feira (22), que o número de viagens dos coletivos na manhã desta quarta-feira será 8% menor. Na prática, significa uma redução de 2 mil viagens do total de quase 25 mil realizadas diariamente e que atendem cerca de 1,8 milhão de passageiros.

Leia também
Combustível sobe pela quarta vez em uma semana
Eunício e Maia anunciam que governo pretende zerar um dos tributos sobre os combustíveis
Caminhoneiros fecham BR-101 Norte, em Abreu e Lima
Caminhoneiros bloqueiam novamente rodovias federais em Pernambuco


A redução no número de viagens, segundo o Consórcio, acontece devido ao comprometimento no abastecimento de óleo diesel nas empresas operadoras por causa da paralisação dos caminhoneiros. A decisão, ainda de acordo com a nota enviada à imprensa, é emergencial e, dependendo dos rumos da paralisação, outras medidas poderão ser tomadas.  

Confira a nota do Grande Recife na íntegra:

"O Grande Recife informa que, devido à paralisação dos caminhoneiros e o comprometimento no abastecimento de óleo diesel nas empresas operadoras, os ônibus da Região Metropolitana do Recife deverão circular, no início da manhã desta quarta-feira (23), com a mesma frota utilizada no período de férias de janeiro de 2018. A medida é emergencial e representa uma diminuição de 8% no número de viagens em dias úteis.

O Consórcio, enquanto órgão gestor do transporte público, vai acompanhar a operação dos ônibus e a paralisação dos caminhoneiros. A depender dos rumos dados à manifestação, o Grande Recife poderá tomar outras medidas ao longo do dia."

veja também

comentários

comece o dia bem informado: