Biciflow irá compartilhar rotas seguras para quem usa a bicicleta para se locomover na cidade
Biciflow irá compartilhar rotas seguras para quem usa a bicicleta para se locomover na cidadeFoto: Júlia Lyra / Divulgação

Quem usa a bicicleta como meio de transporte diário sabe que circular pelas vias da Região Metropolitana do Recife não é uma tarefa simples, muito menos segura. Diante desse cenário, um grupo de estudantes do curso de Ciência da Computação do Centro de Informática (CIn) da Universidade Federal de Pernambuco (UFPE) criou o aplicativo Biciflow.

A ideia, segundo Igor Matos, um dos elaboradores do projeto, é que ciclistas possam compartilhar, através do aplicativo, informações sobre as rotas, horários de maior movimentação e outras informações que possam ajudar na segurança de quem pedala. Durante o processo de desenvolvimento do Biciflow, os estudantes fizeram uma pesquisa entre os ciclistas e constataram que 70% deles se sentiam mais confortáveis quando pedalavam em grupo.

Leia também:
Comissão da Câmara do Recife aprova regulamentação de apps de transporte; limitação de carros é rejeitada
Plano Diretor do Recife: o desafio de integrar infraestrutura e mobilidade

A plataforma é gratuita e estará disponível, ainda este mês, nos dispositivos Android e IOS. Com o app instalado, o usuário poderá fazer login utilizando alguma rede social e depois acessar rotas próximas a sua localização. O aplicativo é totalmente participativo, ou seja, os ciclistas podem adicionar comentários sobre os trajetos e também novas rotas para inscrição.

“Em 2015, quando passei a usar a bicicleta como principal meio de transporte para ir de casa, em Olinda, até a UFPE, percebi que não havia segurança nenhuma. Diferente de quando estava andando à noite com o grupo de pedal”, explicou Igor Matos. Naquele mesmo ano, o Biciflow foi apresentado no Startup Weekend Recife. Ele também foi premiado como Projeto Inovação, e os estudantes passaram a trabalhar no Pitch, espaço de coworking do CIn.

Nesse processo, a plataforma passou por aprimoramento e agora será oficialmente lançado online no próximo dia 22 de setembro, considerado o Dia Mundial Sem Carro. “Queremos promover uma cidade mais humana, através de mais pessoas pedalando, onde elas possam conviver e viver a cidade de fato”, resume os também criadores do app, Luiz Delgado e Paulo Luna. “Nós contamos com o apoio institucional da Associação Metropolitana de Ciclistas do Recife (Ameciclo) e faremos um evento de lançamento junto com o Pernambuco Bike Anjo”, diz Igor Matos.

O projeto também conta com o apoio financeiro do Programa CASA Cidades, uma realização do Fundo Socioambiental Casa, em parceria com o fundo socioambiental da Caixa Econômica Federal e a Fundacão OAK. O Biciflow foi um dos 150 projetos do Brasil aprovados pelo edital de 2017, o que possibilitou a contratação de novos membros na equipe e, assim, a reestruturação do aplicativo.

veja também

comentários

comece o dia bem informado: