Entrega do Cemer, no Recife
Entrega do Cemer, no RecifeFoto: Gabriela Castello Buarque/Folha de Pernambuco

Foi inaugurado na manhã desta terça-feira (18) o Centro de Mosquitos Estéreis do Recife (Cemer), o centro que faz parte do Plano de Enfrentamento às Arboviroses 2019, é uma das estratégias utilizadas pela Prefeitura do Recife (Cemer) para controle do Aedes aegypti - transmissor da dengue, zika e chikungunya.

O plano consiste na liberação de mosquitos estéreis, que, segundo o secretário de Saúde do Recife, Jailson Correia, “devem competir com os machos selvagens para controle da população dos mosquitos, transmissores das arboviroses”.

Leia também:
Prefeitura do Recife lança aplicativo para mapear focos de mosquitos


A primeira liberação dos mosquitos está prevista para o março de 2019, seguindo a lógica do manejo ambiental integrado. O Centro terá a capacidade de produção de 250 mil mosquitos por semana, podendo chegar a 1 milhão por mês.

“A pesquisa, que consiste em liberar mosquitos estéreis na natureza, para controle da população do Aedes aegypth e diminuição da incidência dessas doenças é pioneira, e coloca o Recife na frente do mundo inteiro” afirmou o prefeito Geraldo Júlio.

veja também

comentários

comece o dia bem informado: