Açude Velho verteu depois de cheia do Rio Una, São Bento do Una
Açude Velho verteu depois de cheia do Rio Una, São Bento do UnaFoto: Naldinho Oliveira - Portal TV SBUNA/ Cortesia

Aos poucos a cidade de São Bento do Una, no Agreste pernambucano, tem retomado a normalidade depois da enxurrada que atingiu a cidade, no último final de semana, deixando dezenas de famílias desalojadas e estradas interditadas. Nesta segunda-feira (25), as aulas da rede municipal de ensino foram suspensas já que cerca de 90% dos veículos do transporte escolar não estavam tendo acesso às unidades da zona rural.

Na Escola Laurindo Lins, que fica no povoado de Jurema, um muro caiu e deverá ser reerguido nos próximos dias. Ninguém se feriu. Nesta terça (26), as aulas devem retomadas. Uma corrente do bem tem se formado no município e nas cidades vizinhas para a arrecadação de doações para famílias que perderam tudo na enchente. As águas do Rio Una e do Açude Velho começaram a diminuir.

Leia também:
Açude transborda depois de chuva forte em São Bento do Una


“Começamos a desobstrução das estradas que estavam completamente interditadas. Pela manhã as máquinas estiveram na zona rural. Estamos trabalhando e vamos contar com ajuda do Governo do Estado, Departamento de Estradas de Rodagem (DER) e Secretaria de Agricultura. Vamos receber algumas máquinas, um reforço para que possamos preparar as estradas. O estrago nas estradas foi grande mesmo”, disse a prefeita do município, Débora Almeida, em postagens em redes sociais. Ela aproveitou para agradecer a solidariedade de pessoas que têm buscado a Secretaria de Assistência Social para doar roupas, colchões e comida. “Estamos separando por tamanho e tipo para poder fazer a entrega”, disse. A Assistência Social, que fica avenida Osvaldo Celso Maciel, está recebendo os donativos que podem ser de gêneros alimentícios, roupas, colchões e produtos de higiene pessoal.

O gerente de monitoramento e fiscalização da Agência Pernambucana de Águas de Clima (Apac), Gilberto Queiroz, comentou o monitoramento do Rio Una tem oito pontos (em Cachoeirinha, Batateira, Belém de Maria, Catende, Jacuípe, Palmares, São Benedito do Sul e Barreiros) e nenhum deles acusou a elevação de águas. Neste percurso de dispositivos, a cidade de São Bento ficaria numa espécie de “ponto cego” e, por isso, não foi emitido um sinal de alerta sobre o aumento do rio. As chuvas que caíram na cidade também não apareciam no sistema como situação de alerta. Foi a confluência da alta do rio Una com a chuva que fez o Açude Velho verter de sábado (23) para domingo (24).

veja também

comentários

comece o dia bem informado: